Comunicação

Collapse
No announcement yet.

A diabetes gestacional

Collapse
X
Collapse

  • A diabetes gestacional

    Click image for larger version  Name:	diabetes-776999_1920.jpg Views:	0 Size:	38.5 KB ID:	3557288

    Chama-se gestacional a diabetes que ocorre durante a gravidez, em mulheres que não eram diabéticas antes de engravidar. Normalmente, desaparece depois do parto.


    Como se desenvolve este tipo de diabetes?

    A diabetes desenvolve-se quando o corpo não produz ou não elimina para o sangue a insulina em quantidade suficiente. Ora, durante a gestação, o organismo materno produz uma maior quantidade de insulina, para fazer face às crescentes necessidades do feto, mas há casos em que a grávida não é capaz de processar essa insulina adicional, pelo que é muito provável que ela desenvolva a diabetes gestacional.

    É através de análises ao sangue que a diabetes será detectada, visto que em muitos casos não há sintomas reveladores desta doença. Noutros casos, a grávida sente sede e fadiga fora do normal.


    Situações de risco

    As mulheres que sofrem de hipertensão, que têm algum familiar diabético, ou as grávidas de idade mais avançada, são as que apresentam maiores riscos de vir a desenvolver este tipo de diabetes.

    Click image for larger version  Name:	diabetes-528678_1920.jpg Views:	0 Size:	65.2 KB ID:	3557289

    Como agir


    A diabetes gestacional tem de ser controlada. Para tanto, é necessário controlar os níveis de glicose no sangue, normalmente através de uma dieta alimentar adequada e de controle do peso. Se estas medidas não forem suficientes, a grávida poderé ter necessidade de tomar insulina, mediante a aplicação de injecções, que ela mesma pode fazer. Para verificar o nível de açucar no sangue, a grávida terá efectuar análises regulares ao sangue.

    Se a diabetes gestacional for detectada e controlada, em regra não existirão problemas nem para a grávida nem para o bebé.

    Click image for larger version  Name:	diabetes-2058045_1920.png Views:	0 Size:	43.3 KB ID:	3557290


    E se a diabetes não fôr detectada?

    Se a diabetes não for detectada e, por isso, não for controlada, podem surgir consequências sérias para mãe e para o filho. Nestes casos, há o risco, muito comum, de o bebé nascer com peso e tamanho excessivos, o que tornará o parto natural mais difícil e aumenta as probabilidades de uma cesariana, como também aumenta o risco do bebé nascer com defeitos congénitos.

    Há investigadores que entendem que os bebés nascidos de mães que desenvolveram a diabetes gestacional são mais propensos à obesidade, e de virem, no futuro, a desenvolver diabetes de tipo 2 - diabetes que não necessitam da aplicação de insulina.

    Estudos revelam que a actividade física ajuda a manter os níves de glicose com valores adequados. Outros indicam que as mulheres que praticam exercício fisico antes de engravidar têm menores probabilidades de vir a desenvolver diabetes gestacional.

    Em regra, após o parto, esta diabetes desaparece. Porém, a mulher que teve diabetes gestacional tem maiores probabilidades de vir a desenvolver diabetes mais tarde. As mulheres obesas (antes e durante a gravidez) correm maior risco de permanecer diabéticas após a gravidez.
      Os comentários estão desactivados.

    Artigos Recentes

    Collapse

    • A roupa pré-mamã
      por pbadmin
      A roupa pré-mamã é desenhada para mulheres grávidas, razão pela qual, mesmo que escolha dois ou três números acima do seu tamanho normal a roupa habitual não lhe assentará bem, uma vez que não foi desenhada tendo em conta as alterações por que o corpo...
      06-03-2019, 13:26
    • A cesariana
      por pbadmin


      Hoje em dia é cada vez maior o número de bebés que nascem por cesariana. O bebé sai pelo abdómen, através de uma incisão na parede abdominal (laparotomia) e na parede do útero (histerotomia).


      Quando é que é necessário...
      06-03-2019, 13:20
    • Contradições da gravidez: euforia e desespero
      por pbadmin
      A gravidez representa uma fase de grandes alterações quer físicas quer emocionais, na vida de todas as mulheres que passam por esta experiência. Esta fase que dura, em média, 38 a 40 semanas implica viver intensamente sentimentos contraditórios de alegria...
      06-03-2019, 13:11
    • Pais pela primeira vez: a gravidez
      por pbadmin


      Ao engravidar pela primeira vez a futura mãe vive com grande intensidade as alterações que, a partir desse momento, toda a sua vida sofrerá. Terá curiosidade sobre o desenvolvimento da gravidez, sofrerá com os enjoos matinais, terá muitas...
      06-03-2019, 13:03
    • Falso trabalho de parto
      por pbadmin
      O útero da mulher contrai-se durante a gravidez, principalmente nas últimas semanas. Este tipo de contracções podem ser facilmente confundidas com as contracções do parto que, na verdade, ainda não chegaram.

      O que é o falso trabalho de parto?...
      06-03-2019, 12:30
    • Perdas de sangue durante a gravidez
      por pbadmin


      Por mais pequeno que seja, qualquer corrimento de sangue durante a gravidez pode ser assustador, sobretudo se for a primeira gravidez. Para isto podem contribuir inumeros factores mas, em alguns casos, o corrimento sanguíneo não afecta...
      06-03-2019, 12:25
    Working...
    X