Comunicação

Collapse
No announcement yet.

O sono ao longo da gravidez

Collapse
X
Collapse

  • O sono ao longo da gravidez

    Uma noite bem dormida é fundamental para o bem-estar de qualquer pessoa, e ainda mais, estando grávida. Contudo, é comum que a futura mãe experimente algumas perturbações no seu sono, cuja origem radica na própria gravidez.

    Primeiro trimestre de gestação

    Com a gravidez a mulher tende a ficar com os seios muito sensíveis, o que pode provocar algum desconforto e dor na hora de dormir, especialmente se estava habituada a deitar-se de barriga para baixo. Esta é uma excelente altura para se habituar a dormir noutra posição, de preferência sobre o seu lado esquerdo, pois assim quando a barriga assumir maiores proporções terá, relativamente, menos dificuldades em dormir nessa posição pois já se terá habituado a ela.

    O útero vai aumentando de tamanho e, consequentemente, vai pressionar a bexiga, o que provocará inúmeras idas à casa de banho, tão famosas durante a gravidez! Para evitar que se tenha de levantar durante a noite para urinar, ou pelo menos diminuir a frequência com que vai à casa de banho, a grávida, apesar de dever ingerir muitos liquidos durante o dia, deverá beber menos no final da tarde e durante a noite.

    Desde o início da gravidez, o organismo feminino começa a produzir elevados níveis de progesterona, que é uma hormona que pode provocar sonolência e cansaço. Nestes casos, se a grávida tiver oportunidade, deve fazer uma sesta.

    O primeiro trimestre de gravidez é, pois, caracterizado por dificuldades em dormir durante a noite, face às constantes idas à casa de banho, às naúseas e azia, e sonolência e cansaço durante o dia.

    Segundo trimestre de gestação

    Nesta altura o corpo feminino já se começa a habituar às alterações físicas e hormonais próprias da gravidez e, por isso, conseguirá dormir melhor.

    De facto, são grandes as probabilidades da grávida conseguir dormir mais e melhor no segundo trimestre, pois apesar de os seus niveis de progesterona continuarem a subir, essa subida acontece mais lentamente do que no primeiro trimestre, daí o sentir-se menos cansada e com mais energia.

    No segundo trimestre o bebé encontra-se situado mais acima da bexiga materna, o que vem diminuir as idas à casa de banho.

    Terceiro trimestre de gestação

    Vários estudos demonstram que o número de horas que uma grávida dorme durante o terceiro trimestre bem como a própria qualidade do sono, é o mais baixo de toda a gravidez.

    Dado o tamanho crescente da barriga, a grávida tem cada vez mais dificuldade em deitar-se confortavelmente e dormir. Deitar-se de lado com uma almofada entre as pernas e outra atrás das costas costuma reduzir o desconforto, mas se esta medida não ajudar, talvez seja melhor experimentar dormir sentada numa cadeira. Muitas mulheres conseguem dormir melhor sentadas.

    Nesta altura, regressam as constantes idas à casa de banho para urinar, pois o bebé está cada vez maior, o que vai pressionar a bexiga da mãe. Para tentar reduzir as vezes que vai à casa de banho, a futura mãe deve beber muitos liquidos durante o dia, mas diminuir a quantidade ingerida desde o final da tarde e esvaziar sempre completamente a bexiga antes de se deitar, o que consegue fazer inclinando-se para a frente de cada vez que urina.

    Também a azia, as pernas cansadas, as cãibras, os pontapés e movimentos do bebé mantêm a grávida acordada.
      Os comentários estão desactivados.

    Artigos Recentes

    Collapse

    • A roupa pré-mamã
      por pbadmin
      A roupa pré-mamã é desenhada para mulheres grávidas, razão pela qual, mesmo que escolha dois ou três números acima do seu tamanho normal a roupa habitual não lhe assentará bem, uma vez que não foi desenhada tendo em conta as alterações por que o corpo...
      06-03-2019, 13:26
    • A cesariana
      por pbadmin


      Hoje em dia é cada vez maior o número de bebés que nascem por cesariana. O bebé sai pelo abdómen, através de uma incisão na parede abdominal (laparotomia) e na parede do útero (histerotomia).


      Quando é que é necessário...
      06-03-2019, 13:20
    • Contradições da gravidez: euforia e desespero
      por pbadmin
      A gravidez representa uma fase de grandes alterações quer físicas quer emocionais, na vida de todas as mulheres que passam por esta experiência. Esta fase que dura, em média, 38 a 40 semanas implica viver intensamente sentimentos contraditórios de alegria...
      06-03-2019, 13:11
    • Pais pela primeira vez: a gravidez
      por pbadmin


      Ao engravidar pela primeira vez a futura mãe vive com grande intensidade as alterações que, a partir desse momento, toda a sua vida sofrerá. Terá curiosidade sobre o desenvolvimento da gravidez, sofrerá com os enjoos matinais, terá muitas...
      06-03-2019, 13:03
    • Falso trabalho de parto
      por pbadmin
      O útero da mulher contrai-se durante a gravidez, principalmente nas últimas semanas. Este tipo de contracções podem ser facilmente confundidas com as contracções do parto que, na verdade, ainda não chegaram.

      O que é o falso trabalho de parto?...
      06-03-2019, 12:30
    • Perdas de sangue durante a gravidez
      por pbadmin


      Por mais pequeno que seja, qualquer corrimento de sangue durante a gravidez pode ser assustador, sobretudo se for a primeira gravidez. Para isto podem contribuir inumeros factores mas, em alguns casos, o corrimento sanguíneo não afecta...
      06-03-2019, 12:25
    Working...
    X