Comunicação

Collapse
No announcement yet.

O primeiro e o segundo mês de idade

Collapse
X
Collapse
  •  

  • O primeiro e o segundo mês de idade

    O mais novo elemento da família é, sem dúvida, o centro das atenções. Desde o momento do nascimento, o seu bem-estar, saúde e desenvolvimento são preocupações constantes de todos os que o rodeiam, especialmente os pais.

    O primeiro mês de idade

    Ao primeiro mês de idade, o bebé começa a explorar o seu próprio corpo, e os braços e as pernas são as suas primeiras descobertas. Os pais podem encorajar o seu filho nestas suas explorações. Para tanto podem, por exemplo, pegar nos braços do bebé e colocá-los à sua frente, de forma a que os possa ver.

    Os músculos do pescoço do bebé começam a fortalecer-se, pelo que o bebé já consegue, ainda que por breves momentos, levantar ligeiramente a cabeça, em especial se estiver deitado de barriga para baixo e com braços e pernas flectidos, que é a posição mais usual nesta altura.

    Contudo, é de referir que a quase totalidade dos movimentos executados não passam de meros reflexos instintivos e involuntários. Um bom exemplo, é quando o bebé aperta os dedos com força, quando algo é colocado na sua mão.

    Com um mês de idade, alguns bebés já fazem alguns barulhinhos, até parecem uns pombinhos a arrulhar! Porém passam a maior parte do tempo a dormir, sentindo-se reconfortados, metendo a mão fechada e os dedos na boca a chuchar.

    É também nesta altura que muitos bebés conseguem reconhecer a mãe e o pai, bem como demonstrar esse mesmo reconhecimento, nomeadamente através da reacção que têm para com eles, que é distinta daquela que têm face a estranhos.

    Conseguem também distinguir uma ou duas pessoas pela voz.

    O bebé começa a aprender a focar ambos os olhos e a detectar objectos em movimento, durante alguns períodos de tempo, mas apenas se estiverem a uma distância de vinte a trinta centímetros. Porém, ainda não consegue seguir movimentos verticais.

    Os bebés, nesta fase da vida, preferem olhar para objectos e desenhos com cores contrastantes como o vermelho e amarelo ou o preto e o branco.

    Os pais podem colocar música para o seu filho, a fim de estimular o desenvolvimento auditivo.

    O segundo mês de idade

    No segundo mês, o bebé já consegue coordenar um pouco melhor os seus movimentos. Já consegue agarrar, voluntariamente, objectos durante alguns momentos. Abrir e relaxar as mãos já não são meros reflexos e consegue virar-se de um lado para o outro.

    É por esta altura que o bebé começa a controlar a cabeça: quando está deitado de barriga para baixo, consegue levantar a cabeça por alguns momentos; quando está de barriga para cima, já roda a cabeça de um lado para o outro, ainda que muito ligeiramente. Quando está sentado, já lhe é possível manter a cabeça direita, ainda que por meros instantes e não de forma muito firme.

    O bebé começa a desenvolver preferências por objectos com cores, tons, e formas mais complexos, em detrimento de objectos de formas simples de cores básicas e contrastantes. - Deixe o seu bebé ver e mexer numa maior variedade de objectos. Já existem muitos brinquedos adequados a bebés de dois meses, pelo que há um grande leque de opções.

    Alguns bebés, já dormem a noite quase toda. Infelizmente isto não acontece com todos, nem sequer com a maioria, já que muitos continuam a querer fazer pelo menos uma refeição durante a noite. Porém, é certo que os períodos de tempo que o bebé passa a dormir já são maiores, bem como o tempo que passa acordado.

    É muito possível que o primeiro verdadeiro sorriso do bebé se verifique por volta dos dois meses e dirigido às pessoas que conhece. Este é um momento inesquecivel, e que os pais recordarão para sempre.

    É também por volta dos dois meses que o bebé consegue seguir com os olhos um objecto que esteja no seu campo de visão.
      Os comentários estão desactivados.

    Artigos Recentes

    Collapse

    • A roupa pré-mamã
      por pbadmin
      A roupa pré-mamã é desenhada para mulheres grávidas, razão pela qual, mesmo que escolha dois ou três números acima do seu tamanho normal a roupa habitual não lhe assentará bem, uma vez que não foi desenhada tendo em conta as alterações por que o corpo...
      06-03-2019, 13:26
    • A cesariana
      por pbadmin


      Hoje em dia é cada vez maior o número de bebés que nascem por cesariana. O bebé sai pelo abdómen, através de uma incisão na parede abdominal (laparotomia) e na parede do útero (histerotomia).


      Quando é que é necessário...
      06-03-2019, 13:20
    • Contradições da gravidez: euforia e desespero
      por pbadmin
      A gravidez representa uma fase de grandes alterações quer físicas quer emocionais, na vida de todas as mulheres que passam por esta experiência. Esta fase que dura, em média, 38 a 40 semanas implica viver intensamente sentimentos contraditórios de alegria...
      06-03-2019, 13:11
    • Pais pela primeira vez: a gravidez
      por pbadmin


      Ao engravidar pela primeira vez a futura mãe vive com grande intensidade as alterações que, a partir desse momento, toda a sua vida sofrerá. Terá curiosidade sobre o desenvolvimento da gravidez, sofrerá com os enjoos matinais, terá muitas...
      06-03-2019, 13:03
    • Falso trabalho de parto
      por pbadmin
      O útero da mulher contrai-se durante a gravidez, principalmente nas últimas semanas. Este tipo de contracções podem ser facilmente confundidas com as contracções do parto que, na verdade, ainda não chegaram.

      O que é o falso trabalho de parto?...
      06-03-2019, 12:30
    • Perdas de sangue durante a gravidez
      por pbadmin


      Por mais pequeno que seja, qualquer corrimento de sangue durante a gravidez pode ser assustador, sobretudo se for a primeira gravidez. Para isto podem contribuir inumeros factores mas, em alguns casos, o corrimento sanguíneo não afecta...
      06-03-2019, 12:25
    Working...
    X