Comunicação

Collapse
No announcement yet.

O vigésimo segundo, vigésimo terceiro e vigésimo quarto mês de idade

Collapse
X
Collapse

  • O vigésimo segundo, vigésimo terceiro e vigésimo quarto mês de idade

    A criança começa a afirmar a sua personalidade e a compreender que é uma pessoa autónoma e com ideias próprias, e não uma mera extensão dos seus pais. No entanto, é ainda um ser muito pequeno que necessita de muito carinho e compreensão.

    O vigésimo segundo mês

    Com esta idade, a criança começa a ter ideias próprias sobre o que pretende fazer, seja andar de triciclo por um caminho que ela própria estipula, ou completar um puzzle. Fica contente quando é bem sucedida e triste quando não consegue atingir aquilo que se propôs fazer.

    Agora, começa-se a notar a preferência na utilização da mão esquerda ou da direita. É, pois, possível identificar a criança como canhota, dextra ou ambídextra.

    É muito comum que as crianças demonstrem ter alguns medos quer de estranhos, quer de figuras que apenas existem na sua fértil imaginação, como as bruxas e os célebres papões. Nestas alturas os pais devem confortar os seus filhos e fazê-los sentir-se em segurança. Quando os receios são de pessoas reais, não se deve obrigar a criança a socializar com essas pessoas. É preferivel que se vá habituando sozinha.

    O vigésimo terceiro mês

    A linguagem, vocabulário e capacidade de entendimento da criança melhoram vertiginosamente. A criança canta, e algumas até são capazes de formar pequenas frases de três palavras e de entender pedidos um pouco mais complexos.

    A capacidade de interagir e socializar é mais evidente, dado que demonstra interesse em brincar com outras crianças e gosta de o fazer. Por vezes, é capaz de imitar as brincadeiras de outros, e até de desafiar os pais para seus companheiros de folia.

    O vigésimo quarto mês

    Quando fizer dois anos, a criança já conseguirá manter uma pequena conversa de duas ou até mesmo três frases, ainda que rudimentares. Consegue-se perceber muitas das palavras utilizadas, pelo menos metade.

    Paralelamente a criança torna-se cada vez mais consciente de si, como pessoa autónoma face aos outros, em particular aos pais. À medida que este sentimento cresce, a criança começa a falar de si: o que gosta, o que não gosta, o que fez, o que vai fazer, etc.

    A sua memória tem, também, vindo a desenvolver-se e, por esta altura, começa a entender conceitos abstractos como o “mais” e o “menos”.

    A criança começa a ficar mais atenta às diferenças entre meninos e meninas, nomeadamente quanto ao respectivo comportamento. O menino, em regra, tende a imitar o comportamento do seu pai, e a menina o comportamento da mãe. Porém nem sempre isso acontece, mas não há que ter preocupações.
      Os comentários estão desactivados.

    Artigos Recentes

    Collapse

    • A roupa pré-mamã
      por pbadmin
      A roupa pré-mamã é desenhada para mulheres grávidas, razão pela qual, mesmo que escolha dois ou três números acima do seu tamanho normal a roupa habitual não lhe assentará bem, uma vez que não foi desenhada tendo em conta as alterações por que o corpo...
      06-03-2019, 13:26
    • A cesariana
      por pbadmin


      Hoje em dia é cada vez maior o número de bebés que nascem por cesariana. O bebé sai pelo abdómen, através de uma incisão na parede abdominal (laparotomia) e na parede do útero (histerotomia).


      Quando é que é necessário...
      06-03-2019, 13:20
    • Contradições da gravidez: euforia e desespero
      por pbadmin
      A gravidez representa uma fase de grandes alterações quer físicas quer emocionais, na vida de todas as mulheres que passam por esta experiência. Esta fase que dura, em média, 38 a 40 semanas implica viver intensamente sentimentos contraditórios de alegria...
      06-03-2019, 13:11
    • Pais pela primeira vez: a gravidez
      por pbadmin


      Ao engravidar pela primeira vez a futura mãe vive com grande intensidade as alterações que, a partir desse momento, toda a sua vida sofrerá. Terá curiosidade sobre o desenvolvimento da gravidez, sofrerá com os enjoos matinais, terá muitas...
      06-03-2019, 13:03
    • Falso trabalho de parto
      por pbadmin
      O útero da mulher contrai-se durante a gravidez, principalmente nas últimas semanas. Este tipo de contracções podem ser facilmente confundidas com as contracções do parto que, na verdade, ainda não chegaram.

      O que é o falso trabalho de parto?...
      06-03-2019, 12:30
    • Perdas de sangue durante a gravidez
      por pbadmin


      Por mais pequeno que seja, qualquer corrimento de sangue durante a gravidez pode ser assustador, sobretudo se for a primeira gravidez. Para isto podem contribuir inumeros factores mas, em alguns casos, o corrimento sanguíneo não afecta...
      06-03-2019, 12:25
    Working...
    X