Comunicação

Collapse
No announcement yet.

Consultas ao pediatra

Collapse
X
Collapse

  • Consultas ao pediatra

    As consultas médicas têm, também, um carácter preventivo, pois mesmo quando o bebé não está doente, é conveniente ir regularmente ao pediatra.
    Click image for larger version

Name:	87511385-pediatra2.jpg
Views:	762
Size:	3.1 KB
ID:	3534412
    Periodicidade das consultas

    Não é necessário que o bebé esteja doente para para o levar ao pediatra. De facto, é importante que o bebé seja visto por um médico, com regularidade, numa atitude preventiva.

    Até aos dois anos deve-se consultar periodicamente o médico pediatra. Em regra, até aos 24 meses de idade, são realizadas doze consultas de rotina: na 1ª semana de vida, e no 1º, 2º, 3º, 4º, 5º, 6º, , 12º, 15º, 18º e 24º meses.

    A primeira consulta, que se efectua, normalmente, ao 7º dia de vida, é de importância extrema, tal como as demais. Nesta consulta é possível identificar algumas malformações congénitas, alterações ao nível da anca e pés, e até alguns problemas visuais.

    Nesta consulta, a mãe pode aproveitar para colocar várias questões sobre as quais ainda não esteja esclarecida, tais como questões sobre alimentação, cuidados de higiene, uso de biberões, chupetas, manuseamento e tratamento do cordão umbilical, banho, entre muitas outras.

    Sendo a primeira consulta, vão ser programadas as consultas seguintes nas quais se avaliará, nomeadamente, o crescimento e desenvolvimento da criança.

    Consulte imediatamente o médico

    Independentemente das consultas de rotina, o bebé deverá ser observado sempre que: tenha febre; diarreia; vomite frequentemente e de forma abundante; chore muito durante horas seguidas e nada o console; não aumente de peso; não queira comer; tenha dificuldades respiratórias ou emita ruídos respiratórios fora do normal; se comporta de forma diferente e estranha; mostre palidez ou cansaço não habituais; revele tonturas, apatia, nervosismo, prostração, ansiedade, sangue nas fezes, dores de ouvidos e dores abdominais.

    O que deve levar

    É fundamental que, sempre que vá ao pediatra, quer numa consulta de rotina, quer numa consulta de emergência, leve o Boletim Individual de Saúde, o Boletim de Saúde Infantil, bem como todos os meios complementares de diagnóstico que o bebé tenha feito.

    Situações mais frequentes

    Há situações relativamente comuns que, exigindo cuidados médicos, não são excessivamente preocupantes, tais como os eritremas ou manchas na pele e edemas ou inchaço nas pálpebras do recém-nascido.

    Nos três primeiros meses de vida do bebé, se este for saudável não costuma haver problemas sérios de saúde, se bem que alguns bebés possam sofrer de obstipação ou prisão de ventre.

    No entanto, quando as defesas maternas, isto é, os anticorpos, que foram transmitidos ao bebé pela mãe através da placenta começam a desaparecer, é relativamente comum que ele possa sofrer de algumas infecções que, naturalmente, necessitam de cuidados médicos adequados.

    As infecções mais frequentes são a rinite, gripe, otite média e até as banais constipações. Podem também surgir diarreias e infecções urinárias, mas com um grau de incidência muito menor.
      Os comentários estão desactivados.

    Artigos Recentes

    Collapse

    • Incontinência Urinária
      por TENA
      Sabia que a gravidez e o parto natural são as principais causas de incontinência urinária feminina?

      Esta semana é dedicada à sensibilização para o tema, com o seu assinalar específico a 14 de março, um pouco por todo o mundo. Por aqui, a...
      12-03-2012, 13:27
    • Crianças, Verão e... SOS Escaldão!
      por admin
      O Verão está a chegar e, com ele, os grandes dias de Sol e praia, actividades ao ar livre e muita liberdade... Ou seja, é tempo de redobrar os cuidados com as crianças!
      Acabam as preocupações inerentes ao Inverno e à época escolar, começam out...
      10-06-2011, 09:09
    • Assadura da fralda: Como tratar as assaduras do bebé?
      por admin
      Uma das lesões mais comuns nos bebés e crianças pequenas é a assadura ou dermatite da fralda. (Saiba como prevenir e tratar a assadura do bebé.


      Quais os sintomas? A assadura consiste numa irritação na pele causada pelo contacto com a...
      17-04-2011, 19:56
    • Apneia do sono da criança
      por Equipa Editorial PinkBlue


      Todo o sono, na criança como no adulto, é normalmente entrecortado por períodos em que a respiração pára. Chamam-se a esses períodos, de apneia. É uma situação perfeitamente normal, quando não dura mais de 15 segundos por episódio. Por...
      05-02-2007, 01:00
    • Icterícia neonatal
      por Equipa Editorial PinkBlue
      Icterícia é uma situação habitual no recém-nascido e normalmente não é motivo de preocupação. A palavra icterícia provém do grego ikteros, através do latim icteritia, vocábulo utilizado para designar o tom amarelado da “branca do olho” e da pele de muitos...
      05-05-2006, 00:00
    • Cuidados com o recém-nascido a realizar fototerapia
      por Equipa Editorial PinkBlue


      A icterícia nos recém-nascidos é muito comum. Na maioria dos casos é uma situação normal, inocente, por um curto período de tempo.

      Quando o tratamento é necessário por bilirrubina elevada no sangue, a fototerapia é segura e...
      05-05-2006, 00:00
    Working...
    X