Comunicação

Collapse
No announcement yet.

slot_topleaderboard_post

Collapse

Alguém como eu?

Collapse
X
  • Filtrar
  • Tempo
  • Mostrar
Clear All
new posts

  • Mãe Pipoca
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    danny1999 (07-10-2010)olá nina eu não conheço a tua historia mas vejo que estás super em baixo.

    Achas mesmo que vais ficar sozinha? tens os teus pequenos, tens os teus pais e tens aqui tantas amigas.

    Achas que lave a pena estar nessa casa? com tanto sofrimento?

    sei que é dificil mas esqueçe essa relação, ele é que vai ficar a perder e tu logo logo vais arranjar alguem que mereça o teu carinho...

    força nina

    bjs


    Danny1999, este tópico já tem uns meses. Entretanto houve desenvolvimentos aqui

    Escreva um comentário:


  • danny1999
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    maria27 (27-05-2010)Olá a todas



    Hoje tou de rasto e qd estou de rastos este forum é sem duvidas o meu melhor amigo... são voces.



    Hoje sinto me a mais fraca de todas as fracas, tenho dois filhos q amo a cima de tudo, mas q os enervo imensas vezes por causa do pai q infelizmente escolhi para eles...choro, sofro, sofro e sofro mt....mas pk não o deixo? Pk não o consigo ignorar? Se amo assim tanto os meus filhos pk não o esqueço de uma vez por todas e sigo com a minha vida? ... pois é...medo, medo da solidão, de ficar só....só no natal, nas férias, nos aniversários, nas festas...é a unica explicação q eu arranjo pra isto tudo.



    nunca em tempo algum nos demos bem, tivemos fases sempre mais para o mau do q para o bom, acabei por engravidar....estamos juntos há uns anos e as fases são as mesmas de sempre, problemas e mais problemas, desentendimentos, mentiras...



    ó céus eu pergunto qd é q eu me vou libertar? Sinto o menos de tudo, a pior a tudo de ruim, e principalmente a fraca das fracas, por não pensar nos filhos e em mim primeiro...



    Pronto já desabafei, desculpem


    olá nina eu não conheço a tua historia mas vejo que estás super em baixo.

    Achas mesmo que vais ficar sozinha? tens os teus pequenos, tens os teus pais e tens aqui tantas amigas.

    Achas que lave a pena estar nessa casa? com tanto sofrimento?

    sei que é dificil mas esqueçe essa relação, ele é que vai ficar a perder e tu logo logo vais arranjar alguem que mereça o teu carinho...



    força nina



    bjs

    Escreva um comentário:


  • MariaJoaoSilva
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    Olá Maria,



    Eu também já cá vim várias vezes desabafar, e ainda não consegui dar o passo.

    Também já ando nisto à 3 anos, e esses medos que sentimos nem nós próprias conseguimos explicar nem tão pouco sabemos quais são.

    Já saí de casa, mas voltei para a mesma situação. Parece que nada adianta, mas a felicidade que procuramos nestas relações nós próprias sabemos que não vamos encontrar, acreditamos às vezes mas depois fica tudo igual e lá vem outra vez a nossa desilusão e cada vez vai ficando pior.

    Pode ser que um dia encontre-mos a solução e as palavra certas para dizer chega. E quando esse dia chegar acredita (eu falo por mim), vai ser bem melhor, porque pior que isto não pode ser.



    Beijinho e força para ti e para todas que se encontram nesta situação.

    Escreva um comentário:


  • Mari1950
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    Um dia quando conseguires dar esse passo, vais perceber que afinal é muito melhor estares sozinha do que viveres nessa infelicidade de não quereres esse homem ao teu lado e com o peso de sentires que não vais ser capaz.

    E digo um dia, PORQUE VAIS CONSEGUIR!

    Eu sou divorciada, não de um casamento mau como parece ser o teu. Mas pro várias razões acabámos por nos separar.

    Levei muito tempo a conseguir decidir definitivamente. Posso dizer-te que andei 3 anos na indecisão e durante esse tempo saí de casa 3 vezes e voltei. Até que chegou o dia em que foi de vez.

    Não me arrependo do tempo que ali andei a tentar decidir de vez, simplesmente porque isso só aconteceu por não estar preparada antes. Ou seja, não vivo amargurada pelo tempo que perdi, não sinto que tenha perdido, mas antes que tenha crescido.

    Mas hoje, sei que foi a melhor coisa que fiz.

    Os medos de que falas são os medos de todas as pessoas que pensam em separar-se. Mas a solidão de estar com alguém e viver infeliz é muito mais pesada.

    Força mulher. Já pensaste procurar ajuda? Secalhar fazia-te bem!

    Escreva um comentário:


  • CarlaGV
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    maria27 (27-05-2010)Olá a todas



    Hoje tou de rasto e qd estou de rastos este forum é sem duvidas o meu melhor amigo... são voces.



    Hoje sinto me a mais fraca de todas as fracas, tenho dois filhos q amo a cima de tudo, mas q os enervo imensas vezes por causa do pai q infelizmente escolhi para eles...choro, sofro, sofro e sofro mt....mas pk não o deixo? Pk não o consigo ignorar? Se amo assim tanto os meus filhos pk não o esqueço de uma vez por todas e sigo com a minha vida? ... pois é...medo, medo da solidão, de ficar só....só no natal, nas férias, nos aniversários, nas festas...é a unica explicação q eu arranjo pra isto tudo.

    nunca em tempo algum nos demos bem, tivemos fases sempre mais para o mau do q para o bom, acabei por engravidar....estamos juntos há uns anos e as fases são as mesmas de sempre, problemas e mais problemas, desentendimentos, mentiras...



    ó céus eu pergunto qd é q eu me vou libertar? Sinto o menos de tudo, a pior a tudo de ruim, e principalmente a fraca das fracas, por não pensar nos filhos e em mim primeiro...



    Pronto já desabafei, desculpem


    Desculpa o que te vou dizer...

    Medos todas temos, A solidão é um monstro... mas duvido que seja mais assustador do que a vida que levas... como disse uma menina... Sozinha já tu estás á muito tempo...

    Pára de arranjar desculpas!

    se não consegues pensar em ti, pensa nos teus filhos. è esse o exemplo de lar que lhes queres dar? é essa a familia que sonhaste para eles?

    mais que tudo eles precisam de uma mãe feliz, que lhes transmita serenidade, confiança...

    Antes de pensares em como fazer para te livrares dessa situação, tens de estar certa de que o queres fazer. será que queres?

    O que te prende? tens uma vida pela frente... é assim que a queres viver?



    a solução para o teu problema está apenas nas tua mãos... não depende de nada... apenas de ti.



    mais uma vez peço desculpa se te ofendi, não era a minha intenção, mas acho que tu precisas de uma boa dose de realidade...

    Escreva um comentário:


  • mamãcoelha
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    Oh linda outra vez

    Madrinha julguei que a tua vida tinha melhorado, mas quando encontro os teus posts fico com o coração apertadinho.

    A decisão do divórcio tem de partir de ti, tudo o que te dissermos nada vai fazer, apenas te podemos dar algum apoio e carinho, mesmo que virtual.

    Miga, os teus filhotes e tu estão em primeiro lugar.

    Leio-te muito em baixo e sem grandes forças, mas tens de lutar

    :smooch: grande

    Escreva um comentário:


  • 1Mummy
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    Milita (28-05-2010)Maria e vais desistir?



    Desistir de ti, desistir de te sentires bem e de transmitires isso aos teus filhos?



    Eu sei que quando estamos mal, nessas fases (quem não as atravessa?) o resto está mal, não "gozamos" os nossos filhos e por mais que tentamos disfarçar, eles apercebem-se e tb não são felizes. Mães felizes fazem filhos felizes.



    Não desistas.

    Não conheço a tua historia, estive a ler o post que a Maede3 relembrou, e li que a casa é tua, isso é uma mais valia, se achas mesmo que essas fases já tomaram conta da vossa vida e destruiu o vosso relacionamento, senão há nada para recuperar, falas mais uma vez com ele, que queres o divorcio e se ele continuar a ignorar-te entras com o processo e apresentas-lhe os documentos. Não vai a bem, vai a mal. Informa-te. Há aconselhamentos gratuitos (podes ver no site da seg.social), no caso de te ser util.

    Vai ser duro, de certeza, mas vais sentir-te cada dia mais forte e com mais orgulho em ti e não te vais sentir assim como te sentes hoje. Ainda por cima tens 2 filhos, que vão ter mto orgulho na mãe lutadora e onde podes ir buscar forças e incentivo.

    Força.


    Milita, gostei particularmente das tuas palavras.

    Julgo que nem a Eli te superava.



    Força Maria.

    Estamos aqui para te ajudar.

    Se necessitares de ajuda para encontrar força e coragem...estamos aqui.

    Podemos fazer esta viagem juntas.


    Escreva um comentário:


  • MBprincesa
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    maria27 (28-05-2010)Olá

    Pois é ... ainda...e qts mais tópicos hei de abrir, todos a dizerem o mesmo?

    Até qd...eu tb me pergunto, mas pk? Pk é q eu não sou capaz...

    E digo vos eu nunca vou ser capaz, a não ser q ele saia, e esqueça....

    Obrigada a todas....


    Pois... só tu podes acabar com o teu sofrimento. É preciso coragem? É, muita!

    Tens que procurar dentro de ti essa coragem e esse amor próprio.

    Escreva um comentário:


  • Milita
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    Maria e vais desistir?

    Desistir de ti, desistir de te sentires bem e de transmitires isso aos teus filhos?

    Eu sei que quando estamos mal, nessas fases (quem não as atravessa?) o resto está mal, não "gozamos" os nossos filhos e por mais que tentamos disfarçar, eles apercebem-se e tb não são felizes. Mães felizes fazem filhos felizes.

    Não desistas.



    Não conheço a tua historia, estive a ler o post que a Maede3 relembrou, e li que a casa é tua, isso é uma mais valia, se achas mesmo que essas fases já tomaram conta da vossa vida e destruiu o vosso relacionamento, senão há nada para recuperar, falas mais uma vez com ele, que queres o divorcio e se ele continuar a ignorar-te entras com o processo e apresentas-lhe os documentos. Não vai a bem, vai a mal. Informa-te. Há aconselhamentos gratuitos (podes ver no site da seg.social), no caso de te ser util.



    Vai ser duro, de certeza, mas vais sentir-te cada dia mais forte e com mais orgulho em ti e não te vais sentir assim como te sentes hoje. Ainda por cima tens 2 filhos, que vão ter mto orgulho na mãe lutadora e onde podes ir buscar forças e incentivo.



    Força.

    Escreva um comentário:


  • maria27
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    Olá

    Pois é ... ainda...e qts mais tópicos hei de abrir, todos a dizerem o mesmo?

    Até qd...eu tb me pergunto, mas pk? Pk é q eu não sou capaz...

    E digo vos eu nunca vou ser capaz, a não ser q ele saia, e esqueça....

    Obrigada a todas....

    Escreva um comentário:


  • MBprincesa
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    maria27 (27-05-2010)Olá a todas

    Hoje tou de rasto e qd estou de rastos este forum é sem duvidas o meu melhor amigo... são voces.

    Hoje sinto me a mais fraca de todas as fracas, tenho dois filhos q amo a cima de tudo, mas q os enervo imensas vezes por causa do pai q infelizmente escolhi para eles...choro, sofro, sofro e sofro mt....mas pk não o deixo? Pk não o consigo ignorar? Se amo assim tanto os meus filhos pk não o esqueço de uma vez por todas e sigo com a minha vida? ... pois é...medo, medo da solidão, de ficar só....só no natal, nas férias, nos aniversários, nas festas...é a unica explicação q eu arranjo pra isto tudo.

    nunca em tempo algum nos demos bem, tivemos fases sempre mais para o mau do q para o bom, acabei por engravidar....estamos juntos há uns anos e as fases são as mesmas de sempre, problemas e mais problemas, desentendimentos, mentiras...

    ó céus eu pergunto qd é q eu me vou libertar? Sinto o menos de tudo, a pior a tudo de ruim, e principalmente a fraca das fracas, por não pensar nos filhos e em mim primeiro...

    Pronto já desabafei, desculpem


    Olá,



    É a primeira vez que leio mas pelo que as outra meninas disseram parece que este teu problema já se arrasta há algum tempo.



    Se deres um pulinho ao tema "divórcios" saberás que passei e ainda estou a passar por um divórcio.

    A minha situação não é semelhante à tua no sentido em que eu e o meu ex-marido sempre nos demos bem e sempre fomos um casal muito unido.

    Por diversas situações acabámos por nos divorciar.



    Neste processo todo aprendi muita coisa.

    Esse medo da solidão que dizes sentir eu tb o senti e continuo a sentir. É normal e natural. No entanto, não pode nem deve ser um entrave à busca da nossa felicidade.



    Egoismo? Não! Os filhos só podem ser felizes numa família feliz. Seja com os pais juntos ou separados. Pais separados podem fazer uma criança tão ou mais feliz que pais que estão juntos. Só depende do seu comportamento e opções que tomam.



    Está nas tuas mãos libertar-te e seres feliz e fazeres os teus filhos felizes.

    Não te vou dizer que é um mar de rosas... não é... é uma etapa que tens que passar para um futuro mais risonho.

    Adiar não resolve... só complica!



    Deixo-te a mensagem que a minha mãe me transmite todos os dias. Espero que reflitas e percebas o que te quero dizer:



    - És digna de ser amada e cuidada;

    - És criativa e inovadora;

    - És única, preciosa e tens muito para oferecer;

    - Tens direito de pedires aquilo que queres;

    - Confias em ti para avançar ao teu próprio ritmo;

    - És uma pessoa com muito valor;

    - Gostas de ti tal como tu és;

    - Aceitas as tuas limitações;

    - "Há uma hora de partida mesmo quando não há lugar certo para ir" - Tennesee Williams




    Espero ter-te ajudado.



    beijinhos

    Escreva um comentário:


  • evian
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    Vira a página querida!

    Arranja forças no mais fundo de ti, toma uma decisao e nao voltes atras.

    Tu se quiseres ainda vais ser muito feliz!

    Escreva um comentário:


  • caravela86
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    http://foruns.pinkblue.com/Topic2104726-63-1.aspx



    isto é por carinho que te digo: quantos tópicos mais vais abrir destes???até perceberes que vais passar a vida inteira assim? vais deixar passar a tua vida??



    abre os olhos rapariga...a desculpa que dizes para ele sair e ele não sai...são desculpas. Sozinha já tu vives. Mais só do que o que já te sentes não te vais sentir.



    MUITA FORÇA!!!



    beijinhos grandes

    Escreva um comentário:


  • caravela86
    respondeu
    RE: Alguém como eu?

    oh minha querida Maria...de novo eu pergunto: outra vez????mas qual estar sozinha nos Natais...nos aniversários...mas assim estás acompanhada por acaso???tens de sair dessa DE VEZ rapariga...relembra-me lá a tua situação: vives me casa própria/arrendada? trabalhas? tens pais que te apoiam? beijocas

    Escreva um comentário:


  • maria27
    iniciou o tópico Alguém como eu?

    Alguém como eu?

    Olá a todas

    Hoje tou de rasto e qd estou de rastos este forum é sem duvidas o meu melhor amigo... são voces.

    Hoje sinto me a mais fraca de todas as fracas, tenho dois filhos q amo a cima de tudo, mas q os enervo imensas vezes por causa do pai q infelizmente escolhi para eles...choro, sofro, sofro e sofro mt....mas pk não o deixo? Pk não o consigo ignorar? Se amo assim tanto os meus filhos pk não o esqueço de uma vez por todas e sigo com a minha vida? ... pois é...medo, medo da solidão, de ficar só....só no natal, nas férias, nos aniversários, nas festas...é a unica explicação q eu arranjo pra isto tudo.

    nunca em tempo algum nos demos bem, tivemos fases sempre mais para o mau do q para o bom, acabei por engravidar....estamos juntos há uns anos e as fases são as mesmas de sempre, problemas e mais problemas, desentendimentos, mentiras...

    ó céus eu pergunto qd é q eu me vou libertar? Sinto o menos de tudo, a pior a tudo de ruim, e principalmente a fraca das fracas, por não pensar nos filhos e em mim primeiro...

    Pronto já desabafei, desculpem

slot_bottomleaderboard_post

Collapse
Working...
X