Comunicação

Collapse
No announcement yet.

slot_topleaderboard_post

Collapse

casar ou nao casar, beneficios fiscais

Collapse
X
  • Filtrar
  • Tempo
  • Mostrar
Clear All
new posts

  • #61
    Inserido Inicialmente por AnaGL Ver Mensagem
    Esta questão para mim pode ser comparada com uma ida à padaria e a senhora se enganar no troco e nos der dinheiro a mais. Se podemos ficar com ele? Poder podemos, mas não é moral nem bonito.

    E vai esta gente educar uma criança, é por isso que esta mentalidade de "enganar sempre o máximo que conseguirmos, no matter what" se perpetua. E para mim não é só uma lacuna na lei, é enganar mesmo. Porque basta saber o que significa família monoparental para se chegar à conclusão que se está a enganar sim.

    E a quem precisa mesmo só aumentam 20%?! Grande tristeza! A quem precisa mesmo não ajudam eles, nem oferecem lacunas na lei.
    Exactamente!

    Comentar


    • #62
      Não é bem o mesmo... Eu diria mais ires ao continente e o preço passar errado para menos... dizias?

      E olha que eu educo uma criança e não me tenho safado mal... e não me parece que a mentalidade seja enganar... fugir ao fisco é não declarar rendimentos, é não exigires fatura, é ganhares x mas como és teu patrão declares -y... isto é uma situação perfeitamente legal e, acreditas ou não, aceite e feita por muita gente (o que não a torna mais válida, obviamente...). a mim não me choca. Se me falasses em trafulhice para fugir ao fisco aí já concordo contigo... no entanto cad aum sabe de si... afinal quem sou eu para julgar? Não sou nem melhor nem pior... (e olha que ainda a semana passada tive que ouvir de um senhor das finanças: "pois... é o que dá ser cumpridora... se não fosse cumpridora e não tivesse pago os impostos eu agora podia dar aqui umas voltas e libertá-la disso...." e eu engoli o sapo de saber que largar do belo e afinal ele diz-me que arranjava forma d enão se rnecessário....


      \"Bom mesmo é ir à luta, com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e viver com ousadia, pois o triunfo pertence a quem mais se atreve.\"

      \"Ter problemas na vida é inevitável; ser derrotado por eles é opcional\"

      Comentar


      • #63
        Inserido Inicialmente por AnaGL Ver Mensagem
        E a quem precisa mesmo só aumentam 20%?! Grande tristeza! A quem precisa mesmo não ajudam eles, nem oferecem lacunas na lei.
        Aqui concordo totalmente... é o país que temos. Anda ai muita gente a mamar do subsídio de reinserção que não mexe uma palha para trabalhar...


        \"Bom mesmo é ir à luta, com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e viver com ousadia, pois o triunfo pertence a quem mais se atreve.\"

        \"Ter problemas na vida é inevitável; ser derrotado por eles é opcional\"

        Comentar


        • #64
          E convém não esquecer que vão buscar benefícios de um lado que podem perder do outro.... Isto não há almoços grátis...


          \"Bom mesmo é ir à luta, com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e viver com ousadia, pois o triunfo pertence a quem mais se atreve.\"

          \"Ter problemas na vida é inevitável; ser derrotado por eles é opcional\"

          Comentar


          • #65
            Sinceramente leio muito moralismo.... não tenho pretensões a isso...
            Todos nós na nossa vida fizemos algo que não foi assim tão correcto quanto isso (e perfeitamente conscientes) e isso não faz nem fez de nós pior pessoas por isso nem menos capazes de educar e transmitir os valores correctos aos nossos filhos.
            É fácil julgar quando não estamos na posição e até dar palpitas (e eu dou tantos... lol) mas a verdade é que o mundo não é a preto e branco... tem muitos tons de cinzento e "quem nunca pecou que atire a primeira pedra"!

            Já transmiti a minha opinião... mas pelos vistos devo fazer parte dos imorais que não deviam ter tido a graça de ter filhos para criar.... (resta saber se, no dia-a-dia, não tenho atitudes mais morais e capazes... e eu sou uma familia monoparental sei bem o que significa não só fiscalmente!)
            Ultima edição por MBprincesa; 16-08-2013, 12:05.


            \"Bom mesmo é ir à luta, com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e viver com ousadia, pois o triunfo pertence a quem mais se atreve.\"

            \"Ter problemas na vida é inevitável; ser derrotado por eles é opcional\"

            Comentar


            • #66
              Eu acho que não tem nada a ver com imoralidade.
              Quando me casei, ouvi de da boca de várias pessoas "agora vais casar para quê, já vives junta e depois perdes benefícios". Acho esta mentalidade errada e enquanto se pensar assim, não sei não... Eu cá não tive direito ao subsídio de desemprego subsequente porque supostamente o meu marido ganha muito (lol), mas depois vejo aqui vizinhas minhas a fazerem grandes vidas com o RSI pois os maridos são mecânicos e não declaram o que ganham...

              Comentar


              • #67
                MB, eu respondi a quem colocou a dúvida, a quem abriu o tópico, não a ti, porque nem me parece que a tua situação seja comparável. Tu casaste, portanto não me parece que tenha sido para enganar ninguém. E até sobre o educar criancinhas, não estava de todo a falar de ti até porque és das pessoas mais sensatas que leio por aqui. Aposto que o teu pensamento após engravidares não foi de todo separares-te só para poupares uns cobres na escolinha, né? Só para esclarecer

                Tudo o que envolva enganar os outros me revolta, porque já se sabe que o dinheiro não estica e para se dar a quem não precisa, possivelmente fica alguém que precisa mesmo a chuchar no dedo. Se ninguém enganasse ninguém talvez quem precisasse mesmo fosse ajudado em condições. Mas isto talvez já seja ingenuidade a mais

                Comentar


                • #68
                  Ana, sinceramente? Eu até sou das pessoas que podia ficar mais revoltadas com este tipo de coisas... nunca o estado contribui um tusto para a minha vida. Desconto, desconto, pago impostos e no fim nunca tive um médico de família, nunca tive um médico no público, não uso os serviços públicos de saúde (não preciso e deixo para quem precisa...). A minha filha desde a minha barriga nunca foi vista no público. Foi tudo do meu bolso e do seguro de saúde que a minha empresa paga para mim e para ela. Nunca tive um subsídio (a não ser o de maternidade... tb mal for, né?), tive um ano (o primeiro) a receber 11 €/ mês de abono (nem para um pacote de fraldas dá...) e depois cortaram... Desde os 4 meses da minhoca que tenho um encargo mensal com a escola dela de, no mínimo, 450 €/mês...
                  Desconto horrores, pago horrores de tudo quanto é caca de imposto e no final alguma vez o estado me assegurou alguma coisa? Não... nem me fio nisso que senão já sei que passo fome.......
                  Mas por exemplo eu e o meu ex só decidimos comprar casa dois anos depois de vivermos juntos aqui em lx porque estávamos a usufruir de uma caca qq de arrendamento jovem que nos permitia pagar uma renda muito mais baixa (cerca de 50%). E tb não podíamos estar casados nem em união de facto. O contrato de arrendamento estava em nome dele. Quando deixámos de poder usufruir do subsídio porque os rendimentos dele aumentaram muito resolvemos comprar a nossa casa, só mais tarde casámos (e de facto nem pensámos se iamos ser lixados pelo IRS... e fomos!).

                  Eu percebo que enganar revolte... a mim tb me revolta, mas eu, sinceramente, não vejo esta questão como enganar... enganar para mim é como diz a IN, o mecânico que declara o que quer e que ainda vai buscar subsídio disto e daquilo e sabes o que faço contra isso? Peço fatura, sempre! Pagar impostos! Se todos pagarem um dia pode ser que haja os subsídios que todos merecem... até para o autor deste tópico que, nós não sabemos, será um rapaz em início de vida tb ele a precisar de uma mãozinha do estado e que estado não dá como deveria dar! O pessoal que foge aos impostos como os que In referiu esses sim mexem-me com as entranhas... as sociedades que pedem insolvência e deixam dezenas de trabalhadores na rua desempregados e depois é ver os patrões a andaram com carros de 100 mil € e a criarem novas empresas para lixar mais o estado e outros trabalhadores desgraçados (e vejo tanto disso....)... a injutiça neste país ao nível da AT e da SS é uma coisa que não tem explicação...
                  Coisas como estas que o rapaz pergunta... são só vazios da lei, com perna curta, que podem até não valer de nada... é uma opção deles... para mim é só isso...

                  Sem dúvida que concordo que se ninguém enganasse ninguém talvez quem precisasse mesmo talvez recebesse a sua ajuda... mas não é assim. infelizmente! E mesmo aqui, no PB, vê-se tanta gente, sabe-se de tanta história que não mais do que andarem a mamar do estado com carinha de anjos... enfim, o mundo em que vivemos! Por isto tudo te digo que não julgo este moço e que para mim é moralismo... talvez por no meu dia-a-dia ver cacas relamente nojentas e revoltantes isto é só mesmo isto...

                  Vê por exemplo a IN.... nem subsídio de desemprego recebe. E sabes, mesmo que todos fizessem tudo by the book há sempre um fdp lá em cima a botoar-se com os € e a IN continuaria sem subsídio... os bolsos de outros é que estariam mais cheios .


                  \"Bom mesmo é ir à luta, com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e viver com ousadia, pois o triunfo pertence a quem mais se atreve.\"

                  \"Ter problemas na vida é inevitável; ser derrotado por eles é opcional\"

                  Comentar


                  • #69
                    É pá... alonguei-me!


                    \"Bom mesmo é ir à luta, com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e viver com ousadia, pois o triunfo pertence a quem mais se atreve.\"

                    \"Ter problemas na vida é inevitável; ser derrotado por eles é opcional\"

                    Comentar


                    • #70
                      Dou-vos outro exemplo... e pais que compraram casa em nome dos filhos para usufruirem, na ultura, da mama que era os juros bonificado? Foram milhares! e sabes o que eu acho disso? Um nojo. E sabes porquê? Porque hipoteca uma série de coisas no futuro do filho (quando quiser comprar uma casa para si ao nível do empréstimo, ao nível de isenção de IMI, etc...). E tanta gente fez... Os meus pais nunca o fizeram, mas por exemplo o meu ex sogro fez e eu e o meu ex sofremos com isso....


                      \"Bom mesmo é ir à luta, com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e viver com ousadia, pois o triunfo pertence a quem mais se atreve.\"

                      \"Ter problemas na vida é inevitável; ser derrotado por eles é opcional\"

                      Comentar


                      • #71
                        Gostei do texto MB
                        A SS agora já vai cruzando as moradas, mas existem colegas do meu marido que metem moradas diferentes e pronto, lá vem as regalias... Isso para mim é enganar :\ E isto por causa de €20 de abono, uma fortuna lol

                        Comentar


                        • #72
                          Bom, eu posso dar o meu exemplo, não somos casados e, por acaso, o namorido à 5 anos atrás até tinha uma morada fiscal diferente da minha. Mas como não gostamos de mentir, quando fiquei gravida e na entrada na creche demos o IRS dos dois (pois vivemos em comunhão de mesa e habitação, uma designação que surgia no impresso...). Claro que passei a pagar o máximo na creche e a receber o minimo do estado (agora nickles)!
                          Tenho uma colega que fez diferente, tem dois filhos, colocou o mais velho no IRS dela (fruto de um casamento anterior) e a mais nova no do pai, já que não eram casados (actual ex dela), assim ele era pai solteiro e conseguiu baixar a mensalidade! Confesso que achei muito mal, mas pronto, cada um sabe de si...
                          Actualmente está separada e não sabe como vai ser a mensalidade dela no JI, já que a filha costumava estar no agregado do pai, agora passou para o dela... filmes!
                          tenho dois príncipes no meu reino: a princesa Beatriz e o príncipe José Maria


                          Vendas em 1ª e 2ª mão;

                          Comentar

                          slot_bottomleaderboard_post

                          Collapse
                          Working...
                          X