Comunicação

Collapse
No announcement yet.

slot_topleaderboard_post

Collapse

Prestes a ter uma família monoparental...

Collapse
X
  • Filtrar
  • Tempo
  • Mostrar
Clear All
new posts

  • Prestes a ter uma família monoparental...

    Meninas, visito este fórum todos os dias, mas mudei o nick, não aguento a vergonha de assumir quem sou da maneira que a minha vida está.
    Desde que o meu filho nasceu, há mais ou menos um mês, deixei de ter um casamento, deixei de ter um marido.
    Só tenho um homem rude, mau que a toda a hora me insulta porque o bebé chora e só diz que me vai rebentar toda porque não me suporta.
    Eu estou prestes a explodir e a desafia-lo para que me bata, mas que me bata muito e que depois pegue nas coisas dele e desapareça da minha vida. Não aguento este inferno em que estou a viver

  • #2
    RE:

    Compreendo como deves estar neste momento. Mas a pouca energia que tens tem de ser canalizada para resolver a situação da violência física, a tua segurança e a do teu filho.
    Este forum está cheio de mamãs que refizeram a sua vida, mesmo com filhotes de outros companheiros e estão bem hoje.
    Tens 23 anos e muita coisa ainda vai acontecer. O melhor já tens: o teu filhote.
    Outras coisas boas são familia para te apoiar e condições financeiras.
    E tens-nos a nós também
    Rita & David


    Comentar


    • #3
      RE:

      Passei por aqui a gora e digo-te o seguinte:
      Já ajudei muitas mulheres a fugir com filhos!!! E peço desculpa à menina que tem o namorado advogado e sei que seria o "correcto" avisar onde está com o filho............Mas digo-te Infeliz, não precisas para já, vai sem preocupações e depois a partir daí vais imediatamente a um tribunal onde tiveres a residir explicar a situação no ministério público referindo que o teu bebé estava em perigo pois o pai batia-te com ele nos braços e deste modo queres requerer o poder paternal para ti......isto faz com que te antecipes a ele ao pedires logo o teu filho "para ti" (claro que depois é fixado as visitas do pai, mas mais para a frente....)....também podes ir à Comissão de Protecção de Crianças de Almada dizer o que aconteceu....
      CPCJ de Almada
      Rua Irene Lisboa
      2800-600 Almada
      Telefone: 212 744 679/ 919174813
      Fax: 212 744 681

      beijinhos, alguma coisa dispõe, estou habituada a situações como a tua, fizeste mt bem ligar para 144.......
      [hr]



      Madrinha: ALL 77 Afilhada: Calipso, Flor de Liz, Sasa



      http://www.fertilityfriend.com/home/1b89a1





      Nasceu o Manel: 20 de julho 2008, 3570kg, 51cm...

      Comentar


      • #4
        RE:

        Outra coisa muito importante para que depois se prove os maus tratos: Vai à GNR, faz queixa dele para que fique referida e tens de ir a um centro de saude ou hospital para que um médico registe as queixas e lesões...depois esse registo irá ser pedido como prova quando o referires no Ministério Público que existe no Centro de saude ou hospital tal...Ok? Eu sei que nesta altura não pensas nisto....mas Olha, é a partir daqui que podes mudar a situação....com estes "pormenores"
        beijinhos
        [hr]



        Madrinha: ALL 77 Afilhada: Calipso, Flor de Liz, Sasa



        http://www.fertilityfriend.com/home/1b89a1





        Nasceu o Manel: 20 de julho 2008, 3570kg, 51cm...

        Comentar


        • #5
          RE:

          Estou a anotar todas as indicações e números de telefone que me estão a dar. Já consegui preparar mais dois sacos e uma vizinha minha já os foi por no carro. Agora só espero que ele não se lembre de abrir as gavetas...

          Comentar


          • #6
            RE:

            mas se abrir já não te vai bater. Tens aí os teus pais.
            Vê la é se ele precisa de roupa quando se levantar de manhã e nao encontra
            Rita & David


            Comentar


            • #7
              RE:

              Elimina o histórico do pc quando saires....
              beijos
              [hr]



              Madrinha: ALL 77 Afilhada: Calipso, Flor de Liz, Sasa



              http://www.fertilityfriend.com/home/1b89a1





              Nasceu o Manel: 20 de julho 2008, 3570kg, 51cm...

              Comentar


              • #8
                RE:

                Existe gente mesmo ruim no mundo:evil: :evil:
                como é possivel que um recem pai pode fazer isto a uma recem mama e ainda com o filho ao colo?será que bateu com a cabeça na parede e o cerebro parou???Só pode!!ele já mostrava não ser um bom marido antes do teu filhote nascer ou só agora é que se revelou?eu acho que tu não tens que sair,chamas a policia e como a casa é dos teus pais ,ele que saia,nem que seja preciso chamar a familia toda para o por fora de casa,mas antes faz queixa na policia e depois explusa-o.não o deixes com os teus pais,ele não vai sair e quem vai sofrer são os teus pais,não saias do que é teu,só se não conseguires ajuda para o explusar á força.muita força é o que te desejo,mete o teu filho na tua vizinha e confronta-o com os teus pais ,manda-o á fava.beijinhos e muita força.






                Comentar


                • #9
                  RE:

                  Acabei de ler o tópico e estou a tremer.
                  tudo o que podia ser dito já outras mamãs disseram.
                  Quero-te apenas pedir para teres muita força por ti e pelo teu filhote, por mais dificil que isso possa parecer neste momento.
                  Eu felizmente não sei o que é passar por isso com um marido, mas desde pequena que vi o meu pai maltratar a minha mãe à minha frente e da minha irmã. E digo-te sinceramente que isso ainda hoje me marca profundamente. São coisas a que os filhos nunca deviam de assistir. A minha mãe nunca se separou por achar que era pior para nós, mas digo-te do fundo do coração que preferia mil vezes que o tivesse feito.
                  Não deixes que o teu filho passe por isto, e sincamente se aconteceu uma vez quase de certeza que não vai ser a última.

                  Desculpa o testamento.

                  Deixo-te um enorme beijo, muita força e coragem e quando conseguires vem contar-nos novidades.
                  Nós estamos sempre aqui.

                  Ana e João Ricardo (26 meses)

                  Comentar


                  • #10
                    RE:

                    Amiga,

                    Não há mt para te dizer, so te posso dizer que tens de ser forte e sair da beira desse monstro.

                    Eu aconselho-te a comeres, porque senão não aguentas a viagem.

                    Força e muita muita coragem.





                    Podem ver aqui Historia da Bianca :http://www.serprematuro.com/index.ph...ias-prematuras

                    Comentar


                    • #11
                      RE:

                      Olá!

                      Até eu só me apetece ir aí e dar-lhe 2 pares de estalos. é mesmo uma besta e um cobarde. Se estás em casa dos teus pais, eles pode expulsá-lo de casa, mudem a fechadura de casa, faz queixa na polícia. Ele não pode é estar na mesma casa que a tua bebé. E conta tudo aos teus pais que é muito melhor, eles vão-te ajudar, afinal ele é que vive numa casa que não a dele. Não deixes esperar por mais um dia. Se eu vivesse em casa com os meus pais ele saí logo de imediato, afinal aquela é a tua casa e a dos teus pais. Se ele está mal, não se importa com o bebé porque não vai embora? Não vai a bem vai a mal se for preciso. Se não quer saber do bebé porque quer ficar agora com ele? Em Portugal os pais não têm direito a ficarem com os filhos e foi a advogada que me disse, tens a lei do teu lado em todos os aspectos.
                      Não fiques para e age para bem do teu bebé que é o mais importante agora, tu e ele.

                      Se precisares de mim, é só dizeres.
                      Se for preciso ligo eu para a polícia.

                      um beijinho grande,

                      sandraB
                      sandrapaula@net.sapo.pt

                      Comentar


                      • #12
                        RE:

                        nem acredito no ke acabei de ler. como pode ser possivel um homenm maltratar assim a companheira ke lhe deu um filho? isso não é um homem é um monstro:evil: espero sinceramente ke consigas resolver a tua situação o mais rápido possivel por ti e pelo teu filho. nem consigo imaginar tal monstruosidade estou completamente parva. força e não desanimes, vais ver ke ainda vais ser muito feliz com o teu baby e longe desse animal.
                        beijinhos, vai dando noticias acho ke estamos todas com o coração nas mâos

                        Comentar


                        • #13
                          RE:

                          Estou sem palavras e com uma raiva desse homem ( um homem n um cobarde). Como pode haver pessoas tao mas neste Mundo????
                          Como ele deve ser cobarde e falso, pois maltra-te nas costas dos teus pais? Tens q em primeiro lugar contar ( n e possivel q os teus pais aceitem essa situacao e n o ponham na rua ).
                          Depois faz a queixa na policia...e tb acho q n deves abandonar a casa, se alguem tem q sair e ele e n tu c um bebe nos bracos....
                          Mas se entretanto ja saiste so te posso desejar boa sorte e muita forca ( come pq o teu filho precisa de ti agora mais q nunca ). CORAGEM q tu vais vencer esse MONSTRO
                          Bjs grandes e vai dando noticias



                          Comentar


                          • #14
                            RE:

                            Olá a todas!
                            Não foi preciso sair de casa nem fugir... ainda bem.
                            Durante a noite ele tomou a iniciativa. Confesso que nem me dei conta. Apenas quando o telemóvel tocou é que me apercebi e era ele, a chorar como um bebé, e a dizer que me ama muito a mim e ao nosso filho, mas que não aguenta viver com os meus pais, porque se intrometem em tudo o que diz respeito ao bebé e tiram-lhe sempre o bebé do colo. Isto é verdade. Os meus pais estão a viver a alegria do primeiro neto e não entenderam ainda que o filho é nosso, e não deles. Dão palpites a toda a hora e criticam tudo o que fazemos...
                            Eu também já não estava a gostar do comportamento deles, mas claro que me senti à vontade para lhes dizer.
                            Por um lado entendo-os, mas por outro não dá para aceitar isto sempre.
                            O meu marido diz que falou com os meus pais e lhes disse que ia fazer uma viagem de negócios. Diz que durante este tempo vai arranjar uma casa só para nós... para nunca mais nos chatearmos... mas eu não sei se vou querer voltar a estar com ele

                            Comentar


                            • #15
                              RE:

                              Inserido Inicialmente por infeliz
                              Olá a todas!
                              Não foi preciso sair de casa nem fugir... ainda bem.
                              Durante a noite ele tomou a iniciativa. Confesso que nem me dei conta. Apenas quando o telemóvel tocou é que me apercebi e era ele, a chorar como um bebé, e a dizer que me ama muito a mim e ao nosso filho, mas que não aguenta viver com os meus pais, porque se intrometem em tudo o que diz respeito ao bebé e tiram-lhe sempre o bebé do colo. Isto é verdade. Os meus pais estão a viver a alegria do primeiro neto e não entenderam ainda que o filho é nosso, e não deles. Dão palpites a toda a hora e criticam tudo o que fazemos...
                              Eu também já não estava a gostar do comportamento deles, mas claro que me senti à vontade para lhes dizer.
                              Por um lado entendo-os, mas por outro não dá para aceitar isto sempre.
                              O meu marido diz que falou com os meus pais e lhes disse que ia fazer uma viagem de negócios. Diz que durante este tempo vai arranjar uma casa só para nós... para nunca mais nos chatearmos... mas eu não sei se vou querer voltar a estar com ele

                              Ainda bem que ele tomou a iniciativa, mas tenha atenção a uma coisa... ele te bateu com teu filho ao colo e isso é imperdoável e não tem justificação. Se o problema para ele eram seus pais ele que tivesse dito antes.
                              Não confio em homens que batem em mulheres e depois vem ter como arrependidos, pra mim são os piores, os mais doentes (por que muitas vezes isso é doença).

                              Você é quem deve decidir o que fazer mas acho que todas nós já vimos e ouvimos muitas historias como a sua que acabam sempre na mesma, um circulo vicioso entre agreções e pedidos de perdão.

                              Que tudo corra pelo bem pra vc e seu filhote.
                              Um beijo grande

                              Comentar

                              slot_bottomleaderboard_post

                              Collapse
                              Working...
                              X