Comunicação

Collapse
No announcement yet.

slot_topleaderboard_post

Collapse

O que fazer..help!!!

Collapse
X
 
  • Filtrar
  • Tempo
  • Mostrar
Clear All
new posts

  • sancha
    respondeu
    Obrigada a todas pelos conselhos e na minha opinião também acho que deverá ser ansiedade ..mas fica sempre a questão será? como agir..o meu medo é que ele se "passe " ... ele nunca mais teve nada..anda bem disposto...claro que depois falei com ele para ver se ele entendia que na vida quase nada é aquilo que queremos...mas de todo o caso depois das férias tenho de ir á pediatra por causa do irmão e irei falar-lhe destes episódios..
    mais uma vez obg
    bjs

    Escreva um comentário:


  • AlimG
    respondeu
    Olá Sancha,

    Tenho 2 filhos 5 e 4 anos e imagino o que sentes.
    No teu lugar eu ía ao médico dele (pediatra ou médico de família) e pedia concelhos. Não me parece normal a atitude dele, até pode ser uma questão de feitio, mas tens de saber.

    A minha filha mais velha teve uns episódios estranhos de ansiedade, medos, chorar muito na escola e eu, comecei a ficar desesperada, o que todas queremos é que os nossos filhos sejam felizes. Bastaram duas consultas com a psicologa para tudo passar. O que fiquei a saber foi o óbvio, ela é ansiosa por natureza e ao longo da vida pode vir a ter episódios destes (que já repetiu com menor intensidade). Naquela altura a única coisa que ela queria era mais tempo comigo. Muito mimo, atenção e actividades juntas sem o irmão ajudaram.

    Cada caso é um caso, mas penso que devias ter ajuda especializada, pelo menos dão-te uma luz de como deves agir.

    beijinhos e boa sorte

    Escreva um comentário:


  • sancha
    respondeu
    Obrigada Licas..e partilho a mesma opinião ..dar todo o carinho possivel (e que eles deixam )..mimos nunca são demais...e por isso é que fico abalada de cada vez que isto acontece...por ser o 1º filho temos uma relação muito forte..ele é um menino carente ..tento fazer coisas só com ele ( tipo longas caminhadas depois do jantar onde falamos bastante ..)mas também é muito fechado raramente me conta os problemas...

    Escreva um comentário:


  • licas00
    respondeu
    Olá Sancha,

    Obviamente que a minha opinião vale o que vale. O meu filhote crescido de vez em quando tem uns arrufos e parece que tudo na vida lhe corre mal. Aprendi que quando isso acontece, é porque ele está carente por qualquer motivo. Não ralhar, elogiar todas as pequenas coisas bem feitas, dar-lhe mais responsabilidades, fazê-lo sentir-se orgulhoso de si próprio, dar-lhe colo, beijá-lo e abraçá-lo sem motivo, mostrar-lhe que gosto muito dele e que estou a passar ao lado de toda a conversa dele costuma resultar. Percebi que à medida que os miúdos crescem, damos-lhes cada vez menos mimo fisico: não beijamos tanto, não acariciamos, não pegamos ao colo. Será que não precisam ainda?? Todos precisamos de mimo. Os miúdos mais que ninguém, ainda por cima se são filhos mais velhos e estão constantemente a achar que o seu lugar foi posto em causa, ou mesmo "roubado" por um novo irmão. Tenta passar o máximo de tempo com ele, dar-lhe colo e atenção. Pode ser que ajude, ou pelo menos que consigas gerar uma outra intimidade com ele, que te permita perceber o que está por trás dessas chamadas de atenção. Beijinhos e boa sorte.

    Escreva um comentário:


  • bea25
    respondeu
    Ainda a o estigma que so os malucos é que vão ao psicólogo ou ao psiquiatra mas não é assim. A minha filha por exemplo comigo e muito calada mas com os outros já fala e conta tudo. Eu estava atenta, pois ser reservado e do feitio agora dizer estas coisas pode ouvir na televisão mas como já tem 8 anos eu tinha atenção.

    Escreva um comentário:


  • sancha
    respondeu
    Olá , o meu G sempre foi complicado..na entrada da creche ,sabem aqueles meninos que choram sempre,,mas sempre? o meu era assim e foi assim até ao fim só na 1ª classe é que melhorou..é complicado para ele fazer amigos e novos amigos ..agora já tem ...claro eles até gostam dele...mas ele é assim muito franzino ( e os miudos são muito mauzinhos ) e ele é incapaz de lhes fazer frente!..retrai-se e quando a coisa é "pesada" demais ele entra em stress e tem estas descargas.!

    É muito triste e penoso nós vermos os n/ meninos assim...sinto-me a pior mãe do mundo!o que fiz para ele ficar nesse estado?como é que ele fala em desaparecer?morrer?matar-se?..e ele como se sentirá para ver o mundo tão negro?...bem o que vale é que depois fica calmo e aliviado....e eu também....mas também não queria que ele fosse ao psicologo sem ser preciso?não queria rotulá-lo sei lá...

    Escreva um comentário:


  • filomenav
    respondeu
    A minha mais velha também andou num período mais carente quando o mano nasceu, a ela dá-lhe para vomitar, não querer comer... a pediatra disse para dar muitos mimos, ver se a coisa passava, caso contrário voltar lá para se ver o que fazer. Entretanto melhorou, mas sempre que se enerva com algo é o sistema digestivo que sofre!

    No caso do teu, essas reacções começaram contigo grávida ou já vêm de trás? Sempre foi assim ou mudou de repente?
    Começou, por exemplo, com a entrada na escola? Faço estas perguntas porque uma amiga começou a notar o filho diferente, mas no caso dele ele fechava-se, não dizia nada... mais tarde veio a saber que estava a ser alvo de abusos por parte de colegas da escola (isto no 6º ano), só soube porque outros colegas contaram às mães!
    Entretanto as coisas foram-se agravando, para além de lhe retirarem o dinheiro, alguns pertences, baterem, passou a ser alvo de chacota e comportamentos menos correctos. Enfim, agora é seguido num psicólogo, pois ele não conta nada à mãe, tudo o que ela sabe é por colegas.
    Só tu, conhecendo os antecedentes, podes perceber se é algo inerente a ele, relacionado com o irmão ou com qualquer outra mudança. Em caso de dúvida, e podendo, parece-me que seria útil consultar um psicólogo, pedopsiquiatra, que poderia, pelo menos, dar-te algumas dicas para lidares melhor com ele nesses momentos

    Escreva um comentário:


  • Dekinhas
    respondeu
    Deve ser muito díficil ouvir um filhote falar assim... poderá ele ter apanhado alguma coisa da TV? ouvido e agora replicado?
    Espero que resolvas tudo pelo melhor!

    Escreva um comentário:


  • sancha
    respondeu
    Olá..ontem estive uma conversa com ele..que não podia agir assim que na vida nem sempre as coisas são como queremos..esse tipo de coisas...achei que me entendeu está carente( agarra-se muito a mim e ao pai...) mas sinceramente não sei o que pensar...serão birras???..quando está calmo nunca fala em matar-se e em morrer ...só quando fica alterado!

    Escreva um comentário:


  • sancha
    respondeu
    Obrigada pela ajuda..
    De facto a educadora dele ( quando acabou a creche ) no último dia me alertou que ele andava muito choroso e nervoso que deveria estar com depressão!!!isto no último dia de escola!!! cheguei a ir á pediatra com ele mas ela achou que deveria ser uma fase ( estava grávida do irmão )e ele acalmou!..mas neste Inverno esteve alguns episódios assim de chorar compulsivamente de gritar e depois acalma e fica bem...ele não se abre muito comigo ( tenho pena ...é uma criança muito fechada )mais tarde irei falar com ele......

    Escreva um comentário:


  • White_Devil
    respondeu
    Inserido Inicialmente por sancha Ver Mensagem
    Olá, sou mãe de 2 meninos ( 8 e 4 anos ) ....
    O mais velho sempre foi um problema ( comer/dormir/socialização com os colegas e outras pessoas/muito fechado ) é muito nervoso e explode com alguma frequência...
    Hoje por ex: foram para casa da minha mãe ( estou a trabalhar )e como é costume vou lá almoçar com eles...o G estava deitado no sofá ( vi logo que não estava bem..) não quis comer aliás nenhum queria..peguei no mais novo ao colo e levei-o para a mesa e dei.lhe a sopa, e chamei G,lá levantei o tom de voz e ele veio sentar-se , mal enchia a colher da sopa mais ainda comeu um pouco,depois acabei por retirar o parto de por o 2ª que ele costuma gostar...disse logo que não queria e tal.. que queria morrer e que se matava..!!!!!( nunca lhe respondo ).....não comeu nada..vim para o trabalho ..quando a minha mãe me telefona e ouço-o aos berros e a soluçar ...quando fica assim deixo-o estar e espero ..mas não fico bem..disse á minha mãe para o deixar estar que depois ele adormeçe ...mas não é normal. uma criança querer morrer e falar em matar-se ...ter estas descargas emocionais ....o que me dizem ....como fazer!!! não lhe ligo ou ligo!!
    Desculpem o testemunho mas precisava de desabafar!
    Obg por me ouvirem
    Sancha como educadora tenho alguma formação na área do desenvolvimento infantil / transtornos de desenvolvimento.
    Nunca lhe fizeram nenhuma observação / diagnóstico até agora? (educadora / professora / pediatra)?
    Aconselhava-a a falar com o pediatra / médico de família que certamente lhe indicará um psicologo que lhe fará um diagnóstico mais correcto.
    Mas alguma coisa tem de estar errada para uma criança falar em morrer, ele nunca lhe falou nisso em momentos mais calmos? tente perceber de onde vem essa ideia, fale com ele sobre a escola, sobre os amigos... mas claro nos momentos de "calma", porque nessa alturas de "descarga emocional" como lhe chamou nenhum de vocês está em condições de falar / compreender seja o que for.

    Escreva um comentário:


  • Bentinha
    respondeu
    Bem Sancha, eu não devo ser a pessoa mais indicada para te ajudar. Estou grávida do meu primeiro filho e como tal não tenho essa experiência...
    Mas penso que não deves ignorar esses sinais. Efetivamente esses comportamentos não parecem muito normais numa criança dessa idade. Talvez devas perceber o que se passa com ele, porque razão ele diz e pensa essas coisas. Se não conseguires chegar a nenhuma conclusão, talvez seja melhor consultares um psicólogo que saberá certamente como ajudar.

    Beijinho e boa sorte

    Escreva um comentário:


  • sancha
    iniciou o tópico O que fazer..help!!!

    O que fazer..help!!!

    Olá, sou mãe de 2 meninos ( 8 e 4 anos ) ....
    O mais velho sempre foi um problema ( comer/dormir/socialização com os colegas e outras pessoas/muito fechado ) é muito nervoso e explode com alguma frequência...
    Hoje por ex: foram para casa da minha mãe ( estou a trabalhar )e como é costume vou lá almoçar com eles...o G estava deitado no sofá ( vi logo que não estava bem..) não quis comer aliás nenhum queria..peguei no mais novo ao colo e levei-o para a mesa e dei.lhe a sopa, e chamei G,lá levantei o tom de voz e ele veio sentar-se , mal enchia a colher da sopa mais ainda comeu um pouco,depois acabei por retirar o parto de por o 2ª que ele costuma gostar...disse logo que não queria e tal.. que queria morrer e que se matava..!!!!!( nunca lhe respondo ).....não comeu nada..vim para o trabalho ..quando a minha mãe me telefona e ouço-o aos berros e a soluçar ...quando fica assim deixo-o estar e espero ..mas não fico bem..disse á minha mãe para o deixar estar que depois ele adormeçe ...mas não é normal. uma criança querer morrer e falar em matar-se ...ter estas descargas emocionais ....o que me dizem ....como fazer!!! não lhe ligo ou ligo!!
    Desculpem o testemunho mas precisava de desabafar!
    Obg por me ouvirem

slot_bottomleaderboard_post

Collapse
Working...
X