Comunicação

Collapse
No announcement yet.

slot_topleaderboard_post

Collapse

creches e autocarros...outra vez!

Collapse
X
 
  • Filtrar
  • Tempo
  • Mostrar
Clear All
new posts

  • creches e autocarros...outra vez!

    Bem, a eterna questão da segurança nos autocarros das creches volta ao de cima na minha vida...e com novidades bastante piores para o meu lado, melhor dizendo, para o lado do meu filho que é quem directamente sofre com tudo isto e a cada dia e a cada visita de estudo que ele não vai custa-me mais pq sinto que é posto de lado e deixado de parte simplesmente pq nós recusamos que viaje sem cadeirinha no autocarro...ando num 8...

    Ja tinha postado sobre este assunto no inicio do ano lectivo, qd a questão das saidas se colocou, e tinha tomado a iniciativa de nao o deixar sair pq nao ha cadeiras e sinceramente custa-me deixa-lo sair nestas circunstancias por todos os motivos e mais alguns.

    Fui confrontado a creche, nomeadamente a educadora e a directora e parece que a ultima ja estava convencida a adquirir cadeiras e que entretanto o meu filho ate poderia utilizar uma dele, embora os outros pais pudessem criticar e dai advir problemas..enfim...conversa da treta! A educadora por seu lado diz que nao leva cadeira e acabou. As razões dela são tão fora mas tão fora que vou enumerar as que me lembro. A ultima conversa que tive com ela foi esta semana, qd uma vez mais os outros sairam e o meu ficou e nao pode ir ao passeio por uma coisa tao simples como uma cadeira que ate era para ser eu a ceder...

    Voltando às razões da educadora:

    1- Os outros meninos...respeito aos outros meninos...(e o respeito à segurança dos meninos??e o respeito ao meu filho?)

    2- Os pais dos outros meninos...podem ficar melindrados e exigir uma cadeira para os seus filhos e aí levaria mto tempo para os sentar nas cadeiras!!

    3- O autocarro é hiper-mega-super seguro...eles vão bem encaixados no banco, com o seu cinto e como levam sempre um banco à frente em caso de embate estão protegidos pelo banco e nao sao projectados

    4- As cadeiras sao perigosas, pq eles ficam mais altos e em caso de embate saem por cima pq o banco da frente deixa de os proteger!

    5-Estou a ser teimosa e ela nao vai ceder de modo nenhum, embora nao lhe custasse levar uma cadeira debaixo do braço para o sentar mas algum pai podia ver e podiam existir problemas...

    6-O autocarro cumpre as leis todas assim como a creche...

    7- La por eu ter tido uma ideia nao quer dizer que todos vao atras...mas se fosse um fulano importante a pedir um aviao no lugar de um autocarro ja iam!

    8- Falei-lhe se nao aceitam a cadeira por uma questão de segurança nao a aceitavam por uma questão de saude visto que o miudo por ter tido um atraso motor nao ter a desenvoltura que os outros tem e ela responde-me que nós nos preocupamos demasiado com o autocarro mas nao nos preocupamos com as quedas que ele dá a mais do que os outros...o que quer que eu lhe faça???Que o amarre ao pé da mesa???Isto é fruto do atraso motor e nao posso controlar mas a segurança ja posso!!

    Destes pontos todos que me lembro a maior preocupação deles é os pais dos outros meninos...que por sinal a maioria é bastante desligada dos assuntos da creche e essa mesma maioria nem se preocupou com as saidas sem segurança, questionam e comentam o facto do meu filho ficar e que eu sou tola por estar a prejudica-lo e a preturbá-lo psicologicamente...

    Como podem ver a conversa foi bastante produtiva e confontei-a com a questão da lei, que nao é cumprida, com as questões do autocarro ate poder ser o mais seguro mas sem cadeiras nao o é para crianças pequenas...enfim...ela ate queria que eu fosse ver o autocarro, que o senta-se la para ver como ia seguro, eu disse que nao, pq bastava ver isso no meu carro, que ate é bem mais pequeno e que nunca na vida teria coragem de o fazer andar sem cinto...Ela volta à questão de que as cadeiras nao sao seguras e eu disse que desse ponto de vista então nunca se iria usar cadeirinha em idade alguma...e ela acenou que sim!!(suponho que so o ovo é importante, tudo o resto sao invenções da treta!)...

    Depois de tudo isto confrontei-a com o que me disse a directora: que ele podia usar uma cadeira sua. Ela respondeu que nao foi isso que ela lhe tinha dito mas que iria falar com ela sobre o assunto e me dizia alguma coisa...ate hoje...

    No fim de tudo isto nao fiquei descansada e fui à direcção geral de viação buscar a lei que regula o transporte colectivo de crianças. Fi-lo simplesmente por causa do carimbo do organismo e para me explicarem o que eu ja sabia. De inicio a senhora deu-me as copias mas nao percebeu bem para o que era, pensava que era para eu tirar carta de colectivos para abrir uma empresa de tranporte de crianças mas depois expliquei-lhe e ela chamou o director que me confirmou que as regras aplicadas ao TCC sao as mesmas do tranporte em veiculos ligeiros. No meio da conversa la fui explicando o pq de querer aquela documentação e sai-me o nome da creche...bem o sr disse-me que eles nem licença para transportar crianças tem, nunca pediram alvará...fiquei parva! Disse-me que os confrontasse com isto...era o suficiente...

    Ate agora nao fiz nada...nao sei que faça, qual o proximo passo. Tive a ler a documentação e hoje vi o dito autocarro, com outras crianças da insituição, e reparei que um dos requisitos tao simples como o autocolante amarelo com as criancinhas com o nº de alvará da licença por baixo nao existia...melhor dizendo...o autocolante esta lá mas o alvará nao...E comparei com o que tem nas carrinhas de um rapaz que conheço que tem uma empresa de tranporte de crianças que nas 3 carrinhas que possui tem um autocolante e o nº de alvará por baixo...

    Aqui nao ha fiscalizações a transporte de crianças e duvido que o façam...

    Agora não sei que faça...o meu marido vai comigo falar com a directora e a vontade dele é nao mencionar estas questões da falta de licença de inicio e so faze-lo qd a coisa der para o torto, que espero que nao dê. Gostaria que deixassem o miudo ir na sua cadeira e pronto. Tb ja aturamos algumas coisas desta creche que sinceramente magoaram -nos por dentro e demos sempre uma nova oportunidade pois afinal somos humanos mas acho que chega a um ponto que se torna dificil suportar coisas como esta de que por causa dos pais um nao pode levar cadeira...

    Ja dei o nome dele noutra instituição mas é so a partir dos 3 anos e sinceramente tenho receio que acabem todas por ser iguais, embora veja por ai creches que apesar de nao terem o tal nº de alvará tem as cadeirinhas...

    Isto doi e moi-me o juizo...sobretudo pq o miudo fica triste, chora e ouve os outros a falar da visita, vê as fotos e os souvenirs que eles trazem e ressente-se...nao gosto de lhe fazer isto mas nao é teimosia, é uma questão de segurança e é pq nao se faz finca pé que as coisas nunca mudam...infelizmente tenho a sensação que por ser a unica nesta luta nesta creche isto nao vai dar nada e vou ter que acabar ou por ceder ou por tomar ots medidas mais serias....

    Ajuda!

    Obrigado!

    jinhos


    (o meu piolhito está a ficar um menino grande! )






  • #2
    ups...exagerei no tamanho do post...sorry!

    Obrigado a quem me ler...ando triste com tudo isto...


    jinhos


    (o meu piolhito está a ficar um menino grande! )





    Comentar


    • #3
      Eu acho que a falta de respeito nessa história está unicamente na creche para convosco. Francamente.

      Ia perguntar se muda-lo de creche não seria melhor, mas vi que já está a tratar disso.
      Os outros pais não compreendem? Essa história de ser uma falta de respeito choca-me. Por favor... Falta de respeito!?
      Então e se a directora pensou em comprar as cadeirinhas quem é a educadora para se opor?

      Tanta arrogância, ignorância e falta de sensibilidade.
      Tenho pena que o seu menino passe por isso, no fundo deve sentir-se posto de parte. Mas não se sinta culpada. Está a fazer isso pela sua saúde e segurança, um dia vai compreender.

      Eu não sou mãe mas pode ter a certeza que com esses assuntos eu não cedia, nem hei-de ceder quando lá chegar se Deus quiser, nem um centímetro. E no seu lugar já me tinha queixado a todos os organismos e mais alguns. Não é mania nem capricho, trata-se da segurança dos meninos. Mas será que os donos das creches só pensam no dinheiro? Desde que lhes paguem a tempo e horas tá-se bem.

      Li a sua angústia no post de há uns meses e lamento profundamente ainda não ter visto isso resolvido.
      Espero que se resolva o mais depressa possível.

      Comentar


      • #4
        Eu ia à polícia da zona e pedia para que fizessem uma espera ao autocarro da creche. Pedia, para falar a alguém superior e por razões óbvias que não dissessem que tinha sido queixa de um EE...
        http://manasecompanhia.blogspot.com/


        Comentar


        • #5
          Pois eu tb chamava a polícia se a coisa continuasse azeda.
          Mas que raio? Quem pensa a educadora que é para falar assim com um encarregado de educação seja por que motivo for?
          Se fosse comigo ía lá com a legislação na mão e ameaçava-os mesmo. Ou ía a cadeira ou então íam ter chatices!
          E garanto que se eles quisessem fazer braço de ferro comigo no dia da próxima visita estava lá à portinha com a polícia! Depois queria ver como descalçavam a bota!

          Mas está tudo doido? Ninguém cumpre a lei neste país?


          Comentar


          • #6
            Minnha querida.....olha eu teria a tal reuniao com a directora e exigia que o meu filho usasse a cadeira e pronto!
            Sem argumentos!
            Resposta negativa??? Pois espetava-lhe a documentaçao a frente da cara e dizia-lhe: pois entao amanha de manha conte com uma queixa nos orgaos competentes e conte com a policia aqui a porta de cada vez que houver uma saida de autocarro pq nao é o meu filho que vai sair prejudicado pela vossa imcompetecia e ilegalidade!
            Podes ter a certeza que baixam a bola!
            Veja o novo Blog de Culinária, o Manjar das Deusas

            Presidente da associação de madrinhas da PipocaeCompanhia

            Comentar


            • #7
              http://www.spp.pt/UserFiles/file/Not...l_DGS_APSI.PDF

              Regras para o Transporte de Crianças em Automóvel desde a alta da Maternidade
              Orientação da DGS, publicada a 16 de Setembro de 2010

              Estas regras também incluem como dever ser efectuado o transporte colectivo de crianças, penso que algumas mamãs andavam com esse problema nos colegios, deem uma vista de olhos.

              Espero que seja util, foi retirado da SPP (sociedade portuguesa de pediatria)



              Ja tinha colocado noutro topico, espero que seja util.

              Acho que deve fazer valer os seus direitos!

              beijocas
              Afilhada: ritavm

              Madrinha: GuiBia

              Comentar


              • #8
                Eu ia falar ao director, e ameaçava que ou colocavam as cadeirinhas no autocarro, ou ia fazer queixa de maneira a que eles fossem alvo de uma inspecção.
                Realemente isto há cada coisa, fazes muito bem em fazer tudo que estiver ao teu alcance, se ninguém fizer nada, as coisas nunca vão mudar.




                Madrinha querida Caty80
                Madrilhada fofucha Julit

                Comentar


                • #9
                  Eu li o post todo e gostava de sugerir uma coisa: porque não contactarem a APSI ou a PSP e pedirem que enviassem alguém à escola a explicar o porquê de serem exigidas as cadeirinhas? Assim numa vertente educativa? Sei que os polícias da Escola Segura vão muitas vezes às escolas falar de diversos assuntos, podia ser que não se importassem de dar um abre-olhos lá na creche. Mas tinha de ser assim algo tipo uma formação, com fotos de acidentes e tudo, para abrirem bem os olhos. Penso que se falarem no atraso motor do pequenito, deve ajudar a convencê-los a ajudar.
                  2 filhotes lindos

                  Comentar


                  • #10
                    Olá de novo!

                    Pois continuas tu e continuo eu com apenas uma nuance, eu tenho receptividade por parte da direcção do colégio, (tb era o que mais faltava) mas as empresas transportadoras não fazem. Aliás o colégio tem cadeirinhas.

                    Isto a mim parece-me de loucos! Parece tão linear mas não é!
                    A questão é esta, está na lei que o transporte escolar deve ser feito com cadeirinhas mas depois há uma alínea qualquer que remete para o código da estrada que é de uma ambiguidade/contradição inexplicável.
                    Assim, o que acontece é, a policia passa as multas e pelo que percebi depois eles impugnam as multas e fica tudo em águas de bacalhau não sei bem porque motivo.
                    É horrível, eu por iniciativa própria fiz pesquisa, arranjei contactos de algumas empresas que ao primeiro contacto disseram que faziam mas depois acabam por não fazer porque não lhes interessa. A directora do colégio fez os contactos, nem era a questão de pagar mais porque os pais pagam para tanto mariquice que pagar segurança não era demais mas não estamos a conseguir. Contactei a APSI, foram impecáveis mas também não podem fazer mais.
                    Na única saída que houve o meu filho foi porque o pai foi lá levá-lo mas sempre que isso for impossível não vai com certeza naquelas condições. Não desisto, continua a procurar contactos mas é complicado, muitos colégios aqui da zona norte, alguns muito reconhecidos também não usam cadeirinhas e estamos nisto. Sinceramente, a maioria dos pais ou não sabe ou não quer saber e toda a gente se acomoda e pensa: Ah e tal vai correr tudo bem!
                    Eu não penso assim, não admito que se pense assim e não me resigno nem me acomodo. Tive agora conhecimento que um dos colégios aqui da zona sai sempre com cadeirinhas e já pedi o contacto da empresa, vamos lá ver.
                    Para quem tem esse problema na zona de LX, há uma empresa que faz o transporte em autocarros de 50 lugares devidamente, julgo que até são parceiros da APSI. SUL Tejo, julgo que é assim o nome. Quem me dera encontrar uma empresa aqui que fizesse o mesmo serviço.

                    O meu conselho é não te resignes e enquanto não conseguires a mudança não permitas que o teu filho viaje de forma insegura. Custa ver que eles têm pena mas custa mais receber um telefonema em que o autocarro virou e os miudos estão magoados. E só quem não tem um bocadinho de consciência ou nunca teve um acidente, mesmo de carro, com cadeiras e tudo direitinho é que pode dizer tamanhos disparates como te disseram. Nem é bom pensar!

                    Beijinhos
                    Cláudia



                    \"Os dois maiores presentes que podemos dar aos filhos são raízes e asas.\" (Hodding Carter)

                    Comentar


                    • #11
                      A propósito deste tema, ainda há dias vi os miúdos do infantário da terra da minha sogra à espera na paragem de autocarro... das duas uma, ou foram num autocarro de transportes urbanos, sem cinto, nem nada, ou foram no comboio turístico que a câmara usa para ir buscar a pequenada para pequenas actividades (como ir ver o Pai Natal no shopping)!!!
                      A minha sogra ainda disse há dias que na Primavera metia-se no autocarro e levava a minha filha ao parque. Eu ia a abrir a boca para dizer que nem pensar mas a minha cunhada adiantou-se e disse que não porque não tem cadeirinha. Eu lá me ofereci, como é evidente, para as levar e trazer. Era só o que faltava... eu gasto uma pipa de massa numa cadeira boa em rear-facing e a piolha anda no autocarro dos STUV aos tombos... ainda mais com aqueles condutores malucos!
                      2 filhotes lindos

                      Comentar


                      • #12
                        Inserido Inicialmente por evian Ver Mensagem
                        Minnha querida.....olha eu teria a tal reuniao com a directora e exigia que o meu filho usasse a cadeira e pronto!
                        Sem argumentos!
                        Resposta negativa??? Pois espetava-lhe a documentaçao a frente da cara e dizia-lhe: pois entao amanha de manha conte com uma queixa nos orgaos competentes e conte com a policia aqui a porta de cada vez que houver uma saida de autocarro pq nao é o meu filho que vai sair prejudicado pela vossa imcompetecia e ilegalidade!
                        Podes ter a certeza que baixam a bola!
                        Tou como a Evian!! Puxa Santi, há meses nisto, tens tido paciência de Jó, compreendo que n o queiras ver posto de lado ou prejudicado, mas a mim já me tinha saltado a tampa e teria ido directo da DGV-ou lá como se chama agora- pra o infantário a fazer a ameaça de cima:O
                        Beijocas!
                        [hr]

                        Comentar


                        • #13
                          No colégio do Rodrigo, qd é dia de passeio ou o mês de praia, eles contratam uma empresa de autocarros que já trás as cadeiras para eles!!!
                          Já vem colocadas no autocarro, elas depois só tem que apertas os cintos.. não percebo qual é o stress desse colégio....

                          Eu avisava a PSP numa dessas saidas. Eles faziam operação STOP e o caso ficava arrumado.

                          Boa sorte

                          Comentar


                          • #14
                            Neste país só se faz alguma coisa quando algo corre mal :\
                            Além de não utilizarem as cadeirinhas, não têm alvará? São 2 coisas gravíssimas.
                            Já tentaste falar a bem com a senhora directora e ela não te ligou? Aliás, foi mal educada? Eu nesse caso já não queria conversas com ela, fazia queixa nas entidades competentes e pronto.

                            Comentar


                            • #15
                              Se a coisa está assim tão má, se calhar tens mesmo de esquecer a minha sugestão e passar mesmo ao próximo passo. Imagina que acontece alguma coisa aos outros meninos? Não é que a responsabilidade seja tua, mas vais ficar com isso a remoer na consciência. Normalmente, sei por experiência profissional que a melhor maneira das empresas resolverem essas coisas é apanharem uma bela de uma coimazinha das autoridades competentes. Se escreveres no livro de reclamações, por exemplo, as autoridades vão tomar conhecimento. Se não quiseres dar a cara, faz o que sugeriram: proíbe o teu filho de ir na próxima saída e avisa as autoridades. Eles vão adorar juntar uma coima choruda ao próximo relatório sobre o cumprimento de objectivos
                              2 filhotes lindos

                              Comentar

                              slot_bottomleaderboard_post

                              Collapse
                              Working...
                              X