Comunicação

Collapse
No announcement yet.

Unconfigured Ad Widget

Collapse

Dicas - Deixar a mama

Collapse
X
  • Filtrar
  • Tempo
  • Mostrar
Clear All
new posts

  • Dicas - Deixar a mama

    Olá!

    Como poderão ver por alguns dos meus post, amamentar foi uma das melhores experiencias da minha vida. Até agora... Adorei tudo na amamentação, mas penso que este é o momento ideal para deixar de amamentar.
    Já ando aqui no forum há algum tempo, sei que vão colocar post a questionar a minha decisão etc etc mas peço que não o façam. Esta decisão é única e exclusivamente minha, e o Tomás já tem 15 meses, pelo que penso já ter cumprido o meu objectivo.

    Aquilo que venho aqui pedir, são dicas no sentido de precisamente deixar de dar mama... Este não é um assunto do qual fale pela primeira vez, pelo que vos deixo desde já algumas informações sobre o Tomás, para que me possam ajudar...

    - O Tomás não bebe biberão
    - O Tomás muitas vezes já só pede a mama para chuchar ( a minha mama não é chucha)
    - O Tomás só se deixa dormir na mama (em casa, porque na creche dorme na boa...)
    - O Tomás ainda acorda à noite, duas e tres vezes, e muitas vezes estou tão podre de sono que ele vem para o pé de nós. Se for o pai buscá-lo, não se cala enquanto não tiver a mãe ou a mama e muitas vezes é depois um suplicio para voltar a dormir...
    - Gostava que ele começasse a passar uma noite com os avós, para bem dos avós, do neto e da relação dos pais.

    Então, são estas algumas das minhas razões. Obrigada desde já pela vossa ajuda.

    Uma grande beijoca

  • #2
    Olá!

    São decisões muito pessoais, ninguém tem que as criticar.
    O desmamar varia muito de acordo com as crianças, eu tenho 2 e o desmame foi completamente diferente.
    A mais velha desmamei-a por volta dos 18-19 meses, de noite comecei a dar leite antes de dar de mamar, de manhã comecei a dar papa logo a seguir à mama e devagarinho a produção foi baixando e o interesse dela também.

    Com a mais nova foi bastante mais dificil, já tinha quase 2 anos e meio, ela mamava muito mais e muito mais vezes ao dia. Mas também foi gradual e com muita paciência

    Não estou de maneira nenhuma a contra argumentar, mas a minha filha mais velha sempre dormiu a noite toda e nunca teve problema nenhuma em dormir fora de casa. A mais nova ainda hoje acorda todas as noites, e não me larga nem por nada.
    O amamentar não está directamente ligado com os ciclos de sono das crianças.
    Digo isto para não criares expectativas muito grandes

    beijinhos e Boa sorte

    Comentar


    • #3
      Sempre ouvi dizer que amamentação é otima quando está bem para os 2 envolvidos. Portanto não há que criticar a tua opção. é tua.
      Parece-me, à partida, melhor fazer um desmame gradual. Será melhor para ti, que escusas de ficar com as mamas engurgitadas com um desmame abrupto, e também para ele.
      Tenho lido por aqui a teoria "não oferece/não recusa" ou seja, deixas de oferecer e começas mesmo a tentar distrair para ir espaçando as mamadas. Ora isto é muito bonito falado, mas as noites serão o momento mais complicado. Digo eu.
      Também já li quem fosse dizendo que as mamas estavam estragados, ou que tinha acabado, ou que estava a acabar.
      Eu preferiria não dizer que estava estragado ou que tinha acabado, porque ao dizer acabou e se depois dou a minha palavra fica comprometida. Mas lá está. Estou apenas a deixar contributos que fui lendo e cada uma escolhe e fará o que achar melhor para si.
      Desejo-te um desmame pacífico para ambos

      Comentar


      • #4
        Inserido Inicialmente por ninha77 Ver Mensagem
        O amamentar não está directamente ligado com os ciclos de sono das crianças.
        Digo isto para não criares expectativas muito grandes

        beijinhos e Boa sorte
        Concordo e confirmo. O meu mais novo, mesmo depois de desmamar continua a acordar imensas vezes de noite. Não há uma relação directa entre o mamar e os sonos.

        Comentar


        • #5
          Ola!

          A forma mais suave de desmamar por iniciativa da mae é usar a estrategia do nao oferecer,nao recusar. É um processo longo e gradual, que tenta por lado nao retirar a protecçaoi extra imunitaria toda de uam vez so e por outrp respeitar a crinaça tentando que nao sejaum acontecimento traumatico.
          Podes começar por fazer um demame parcial, normalmente faz-se um desmame nocturno em que nao se da mama durante um determinado intervalo da noite, ou avançar logo para a estrategia de eliminra um amada de cada vez. A ideia é tentar que acriança nao chegue a pedir, dadno a refeiçao antes de ele se lembrar da mama, entretendo-o com um programa alternativo (uma ida ao parque com o pai por exemplo) e evitando situaçoes que ele associe a mama (por exemplo se lhe costuma dar mama numa certa cadeira nao te sentes nela). Se a criança nao pede optimo, se pede da-se na mesma porquenao queremos que fique coma ideia do fruto proibido...

          O ser gradual é memso muito importante porque se retiras a mama de repende podes causar um defice imunitario que deixaria mais suscetivel a infecçoes. Para ti tambem sera melhor porque assim a produçao baixa gradualmente e nao corres riscos de esgorgitamneto ou mastites. Problema? É que se ele nao estiver para ai virado isto é coisa para durar 3 ou 4 meses na boa... TEras de ter muita paciencia e compensar o mimo da mama que desaparece por outros.

          Sobre as tuas questoes especificas

          - O Tomás não bebe biberão

          Tem mais de um ano, nao precisa. Podes dar leite em copo, ou copo com palhinha. Nesta fase oleite pode ser ja normal igual ao da familia e se el nao aceitar leite os iogurtes substituem bem (liquido se a ideia for beber). O meu filho mais velho so aceitou leite depois de desmamado e da mesma forma que antes o rejeitava depois passou a pedir


          - O Tomás muitas vezes já só pede a mama para chuchar ( a minha mama não é chucha)

          O chuchar é uma form a de conforto. Tambem ha muitos realtos (o meu pessoal incluido) que numa fase inicial de desmame espontaneo eles fazem muito isso. Vao amama mas nao mamam so chucham.

          - O Tomás só se deixa dormir na mama (em casa, porque na creche dorme na boa...)

          Este pode ser um ponto sensivel. O que eu fiz ca em casa, muito antes do desmame e que ja se faz tambem com omais novo que ainda mama e mamara é que de vez em quando é opai que o deita. Depois da maam mas nao adormece na mama. Comigo de facto so na mama mesmo.

          - O Tomás ainda acorda à noite, duas e tres vezes, e muitas vezes estou tão podre de sono que ele vem para o pé de nós. Se for o pai buscá-lo, não se cala enquanto não tiver a mãe ou a mama e muitas vezes é depois um suplicio para voltar a dormir...

          Prepara-te que isto sem mama pode piorar. O meu filho des mamou com 26 meses emuitso meses depois ainda acordava as memsa vezes que quando mamava. Agora com 4 anso e meiso ainda acorda quase sempre uma vez por noite. Acordar d enoite é normal em todas a scrianças, mamem ou nao mamam. Pod ereduzir,pode ficar igual ou ate aumentar. A diferença é que sem a ""arma secreta" para dormir que é a mma teras de encontra outras estrategias para readormece-lo o que nem sempre é facil.

          - Gostava que ele começasse a passar uma noite com os avós, para bem dos avós, do neto e da relação dos pais.

          Nao precisas de esperar pelo desmame para isso. Eu por norma nao deixo os meus enaunto mamam porque de facto a noite pode ser complicada, mas ja deixei. Omais velho ficou um noite isolada e depois uma semam interira em que eu fui d eviagem de trabalho ainda mamava e continuou a mamar uns bons meses depois disso. O mais novo ficou recentemente 5 noites seguidas.


          Beijinhos

          Rute

          O meu parto de 14 dias
          Bebes e Mamas marcianas de 2008
          Foram 25 meses, 2 semanas e 4 dias de maminha com muito amor (mamou a ultima vez a 22 de Abril 2010). CIA congénita, encerrada por cateterismo aos 4 anos e 5 meses.
          CIA congénita... Um operado, outro à espera que feche...

          Comentar


          • #6
            Muito obrigada pelas vossas respostas...

            Já percebi que realmente não vai ser um processo fácil e terá que ser gradual...

            Quanto ao que já fazemos, consegui eliminar uma mamada para já, a da tarde quando chega da creche. É uma vitória para mim, porque ele pedia logo e agora já nem pede... Por isso só mama mesmo à noite... Mesmo de manhã, mama por volta das sete (porque está ao pé de nós e quando acordo já ele está agarrado à mama) e depois antes de ir para a escolinha come um iogurte ou dois suissinhos, porque não me aceita mais nada (não tem assim tanta fome para comer papa, obvio...)

            Em relação ao leite, ele bebe 1-3 da Mimosa (?) na papa, aquele azul, gordo, a conselho da pediatra, por ter perdido peso aqui há uns tempos. Mas bebe leite, só quando está para lá virado, e sempre pelo copo. Dá-me ideia que ele não associa o saciar da fome ao leite de copo...

            O dizer que não há ou está estragada, parece-me ainda cedo, acho que ele não percebe... O meu medo é que depois, mais tarde, seja ainda mais dificil...

            O que me inquieta mais sao as diferentes opiniões, até porque a médica disse-me para deixar pura e simplesmente de dar... O que me parece demasiado radica... Quanto à mama em cima, uma das mamas praticamente já não produz e a outra tem sempre (tenho sempre uma mama maior que a outra... consideravelmente...)

            Muito obrigado pelas vossas opiniões, espero mais contributos =)

            Comentar


            • #7
              Inserido Inicialmente por Dekinhas Ver Mensagem
              Muito obrigada pelas vossas respostas...

              O que me inquieta mais sao as diferentes opiniões, até porque a médica disse-me para deixar pura e simplesmente de dar... O que me parece demasiado radica... Quanto à mama em cima, uma das mamas praticamente já não produz e a outra tem sempre (tenho sempre uma mama maior que a outra... consideravelmente...)
              Não te inquietes, porque as opiniões são isso mesmo. Opiniões.
              Ouves todas e decides qual a melhor para ti.

              Boa sorte, e sim, acho que paciÊncia é fundamental.

              Comentar


              • #8
                Oi Dekinhas!!
                Do Afonso eu desmamei no verão (tinha ele mais de 2A) e o que fiz foi deitá-lo sem lhe dar mama, porque já vinha a dormir no carro para o apartamento. E, de menhã, dava iogurtes. Ele não pedia e acho que nem deu pela falta. Mas facilitou ele já só mamar ao deitare ao acordar desde os 12m...
                A Inês... bem... é outra história!! Aqui há uns tempos ela estava a fazer uma pega tão má que me magoava a sério!! Ficava com dores durante horas, não estás bem a ver!! Pensei em dar leite de vaca antes de dormir (ela também adormece depois de mamar) e duas noites correu bem, na seguinte afastava o biberão e baixava-me a camisola de alças para mamar!!... Como ela melhorou a pega acabei por desistir, e ainda dou mas, como o teu, acorda de noite...
                Apesar de não estar a desmamar, o que faço algumas vezes é mandar o meu marido com o biberão de água. está muito calor, ela bebe muito bem. Mesmo quando mama, às vezes ela mesmo pede água.
                A minha sugestão é um copo de bico, se não aceita biberão (o nosso é da nuk, se te interessar...), e experimentares, além do leite de vaca, água! A pediatra não é muito rígida com o leite, mas acabou por sugerir leite 1-3 para adaptação ao de vaca e agora diz que podemos dar do normal, mas gordo. Ela é que não bebe, enfim...

                Bjs,
                carmen

                PS: também sou do clube mamas desiguais, ficaram assim dele e agora não vão melhorar de certeza!!...


                Tenho o Afonso e a Inês. Sou feliz.
                Uma coisa leva à outra, e vice versa!!!

                Comentar


                • #9
                  Inserido Inicialmente por Dekinhas Ver Mensagem
                  Olá!

                  - O Tomás não bebe biberão
                  - O Tomás muitas vezes já só pede a mama para chuchar ( a minha mama não é chucha)
                  - O Tomás só se deixa dormir na mama (em casa, porque na creche dorme na boa...)
                  - O Tomás ainda acorda à noite, duas e tres vezes, e muitas vezes estou tão podre de sono que ele vem para o pé de nós. Se for o pai buscá-lo, não se cala enquanto não tiver a mãe ou a mama e muitas vezes é depois um suplicio para voltar a dormir...
                  - Gostava que ele começasse a passar uma noite com os avós, para bem dos avós, do neto e da relação dos pais.

                  Então, são estas algumas das minhas razões. Obrigada desde já pela vossa ajuda.

                  Uma grande beijoca
                  Olá!

                  Ora bem , apesar de eu achar que 15 meses é cedo para desmamar, mas eu não tenho que achar nada, aqui deixo aquilo que sei.

                  Acho que o tomar biberão não interfere com o desmame, sobretudo agora que já deve beber por copo. Se quiseres substituir a mamada da noite, o truque é dar um pouco de leite ou outro alimento para ir para a cama um pouco mais reconfortado.

                  O chuchar na mama é normal, todos fazem isso porque mamar não é só beber leite, é um conforto no final do dia, é matar saudades da mãe, é para os bebés que não usam chupeta um momento é que podem mamar um pouco... enfim

                  O dormir na mama também é normal, sobretudo com 15 meses . O que eu quero dizer é que com 15 meses uma criança amamentada dormir na mama é normal, anormal seria o contrário. No entanto, para as mães que querem desmamar é importante então começar a habituar a criança a adormecer sem mama. A experiência que eu tive é que demora o seu tempo sobretudo quando não é uma escolha deles. E a experiência que eu tenho é que à medida que vão crescendo vão por eles deixar de relacionar uma coisa com a outra . no meu caso demorou, porque ele só começou a adormecer sem mama depois dos 2 anos.

                  Acordar à noite? Pois... sei bem o que isso é. E acho que não está relacionado com o mamar mas sim com o tipo de criança que temos. No meu caso, o meu ainda acorda, já não mama durante a noite, sabe perfeitamente disso (porque eu não lhe dou, só lhe dou ao deitar e de manhã) e mesmo assim acorda uma e duas vezes.

                  Em relação a passar a noite sem nós. Não vou mentir. É muito mais fácil quando eles não mamam e sobretudo quando já adormecem sem mama. Porque é mais fácil para quem fica com eles, adormece-los. Mas muitas mães que eu conheço, as suas crianças ainda mamam e já passaram noites sem as mães. Não lhes aconteceu nada, nem aos pais ou familiares e continuaram a mamar...

                  Por fim, acho mesmo que o desmame é uma questão de persistência e paciência. persistência porque temos que estar mesmo convencidas que queremos desmamar. E pacientes porque a criança pode mesmo dar luta e ser resistente ao desmame e vai de certeza demorar o seu tempo e ser um factor de desgaste. Eu falo por mim, porque já tentei desmamar o meu (já tem quase 4 anos) e ele é resistente e eu acabei por arranjar uma solução a meias. Menos mama mas não totalmente sem mama. porque era uma luta que eu não queria travar daquela forma. Resumindo depende também da criança.
                  E ainda, acho que também depende da idade da criança. Eu acredito que quanto mais cedo se desmama mais fácil é. É fácil desmamar uma criança com um mês, ela nem se apercebe. Agora a partir de determinada altura é indiferente a idade da criança. A partir da altura em que a criança está mesmo consciente que mama, ela quer escolher e luta. Ainda assim penso que com 15 meses sempre será um pouco mais simples do que com 3 ou 4 anos. Ainda que com 3 e 4 anos possas inventar uma série de coisas que com 15 meses não é possível.

                  Boa sorte!

                  Comentar


                  • #10
                    Olá, Dekinhas

                    Este artigo fala sobre algumas dicas (Quadro 3. Encorajando o bebé a desmamar: facilitadores)
                    http://www.mamaraopeito.blogspot.pt/...e-natural.html

                    Jocas,
                    Patrícia Paiva
                    Patrícia Paiva
                    - Educadora Perinatal
                    - Conselheira em Aleitamento Materno
                    - Professora Ginástica para Bebés

                    BLOG Perfeito, Perfeito é MAMAR AO PEITO! ; BLOG Amigo dos Bebés ; SITE Mamar ao Peito; Preparação para o Parto - Margem Sul

                    Comentar


                    • #11
                      Olá!
                      vim dar novidades (nenhumas... lol) continuamos na mesma, mas com a diferença que o Tomás entretanto já ficou uma noite com os avós. Levou uma estafa durante o dia, mamou e da minha casa para casa dos avós, deixou-se dormir. Segundo os avós ele acordou duas vezes mas foi pacífico voltar a dormir. Eu duvido um bocadinho mas enfim... Que ficou, ficou.

                      Ele tem dias, ora bebe goladas de leite seguidas, ora cospe assim que sente o sabor. Ora pede mama assim que chega a casa, ora nem se lembra...

                      A dulsa falou numa coisa mesmo importante, que tem a ver com a idade para deixar de amamentar... Ele realmente não percebe ainda certas desculpas que provavelmente com dois anos já vai perceber. E esta também é aquela que considero a idade limite. Mamar até aos dois anos seria muito bom, mais do que isso acho que já não... mas depois veremos, porque já cheguei à conclusão que mando muito pouco....

                      A verdade é que, tal como me disse uma enfermeira conhecida, eu não estava (nem estou) verdadeiramente convencida que é o que quero. Mas vou tentando... se é que me percebem... então cá estamos: se for preciso ficar nos avós ficará, e vamos dando baby steps.


                      Obrigada!

                      Comentar


                      • #12
                        post repetido! sorry!

                        Comentar


                        • #13
                          Oh, Dekinhas, como te percebo...
                          Esta noite, depois de deitar os miúdos, vou jantar fora!! Fica cá a irmã do meu marido e nós vamos estar um bocadinho sozinhos, coisa que não acontece há muito!! E agora com 2 ainda menos!!!...
                          Não devemos chegar tarde, porque ela ainda acorda muito durante a noite... mas é melhor que nada!!

                          Bjs!!!
                          carmen


                          Tenho o Afonso e a Inês. Sou feliz.
                          Uma coisa leva à outra, e vice versa!!!

                          Comentar


                          • #14
                            Inserido Inicialmente por Dekinhas Ver Mensagem
                            Olá!
                            vim dar novidades (nenhumas... lol) continuamos na mesma, mas com a diferença que o Tomás entretanto já ficou uma noite com os avós. Levou uma estafa durante o dia, mamou e da minha casa para casa dos avós, deixou-se dormir. Segundo os avós ele acordou duas vezes mas foi pacífico voltar a dormir. Eu duvido um bocadinho mas enfim... Que ficou, ficou.

                            Ele tem dias, ora bebe goladas de leite seguidas, ora cospe assim que sente o sabor. Ora pede mama assim que chega a casa, ora nem se lembra...

                            A dulsa falou numa coisa mesmo importante, que tem a ver com a idade para deixar de amamentar... Ele realmente não percebe ainda certas desculpas que provavelmente com dois anos já vai perceber. E esta também é aquela que considero a idade limite. Mamar até aos dois anos seria muito bom, mais do que isso acho que já não... mas depois veremos, porque já cheguei à conclusão que mando muito pouco....

                            A verdade é que, tal como me disse uma enfermeira conhecida, eu não estava (nem estou) verdadeiramente convencida que é o que quero. Mas vou tentando... se é que me percebem... então cá estamos: se for preciso ficar nos avós ficará, e vamos dando baby steps.


                            Obrigada!
                            Olá!

                            Só para te dizer que tenho uma amiga que lutou muito por amamentar... chegou perto dos dois anos e disse-me que ia deixar de amamentar, tentar o desmame, bla bla bla... e eu acenei que sim... apesar de ela saber que o meu ainda mama com quase 4 anos...
                            Noutro dia encontrei perguntei-lhe se o miúdo ainda mamava. Disse que sim com uma cara do género: Bom quem chega a esta altura percebe que não somos só nós a mandar...
                            Mas sim acho que se pode promover o desmame perfeitamente com calma e serenidade.

                            Comentar


                            • #15
                              Olá

                              venho deixar novidades (nenhumas). O Tomás ainda mama e já me rendi. Olha, que seja quando tiver que ser!

                              Comentar

                              Unconfigured Ad Widget

                              Collapse
                              Working...
                              X