Comunicação

Collapse
No announcement yet.

slot_topleaderboard_post

Collapse

3 anos e vegetariano??? to desesperar!!

Collapse
X
 
  • Filtrar
  • Tempo
  • Mostrar
Clear All
new posts

  • 3 anos e vegetariano??? to desesperar!!

    Nem sei por onde começar..

    Tirando o problema que tenho para deitar o meu filho( só a noite pk a sesta corre mto bem), comecei a notar á uns tempos que ele recusa a carne.
    Sempre foi uma criança com curiosidade em relação á comida e boa boca, no sentido de provar tudo, querer saber o que come, seja legumes, carne ou peixe..
    ADORA saladas e fruta, acho que é mesmo a perdição dele, se refeição incluir estas então ele não come mais NADA!
    e é isto que me preocupa e anda a tirar do sério!

    Há 2 dias depois de um jantar dificil pk não queria comer, declarou a mim e ao pai que não gosta de carne, só gosta de salada e fruta.. e a verdade é que cospe(mesmo) tudo o que seja carne!!!!( tb ja o faz como peixe!)
    Já tinha falado com pediatra em Março sobre esta dificuldade na alimentação e ela disse-nos para forçarmos pk ele precisa mesmo da carne e do peixe..

    Começo a ficar saturada de almoços e jantares nervosos, com choradinhos, com comida cuspida e comida fria!
    Não me incomoda que ele não coma carne desde que eu saiba como contornar esta questão da proteína.. Sempre brinquei com a questão dele ser vegetariano mas a verdade é que acho que ele próprio tomou sua decisão!
    Ele gosta de tudo o que seja grão, feijão, ovo(só gema), frutas e todo o tipo de legumes crus , toda a fruta, leite e derivados, frutos secos... ate já provou quinoa pre cozinhada (que misturo ás vezes na minha sopa, mas confesso que aquela sabe um bocadinho mal/ a pó!),...
    Já experimentamos soja granulosa mas ele não gosta do sabor, e eu confesso que tb não consigo comer.
    Eu tb ando farta da carne, agora praticamente só como aves e borrego pk carne porco me sabe mal, seja de que forma for ..

    Alguém com filhos vegetarianos para me darem umas luzes??
    é que não é fácil inciar-me no vegetarianismo, tendo que ter em atenção que ele só tem 3 anos!

    obrigado

  • #2
    Olá
    Mais do que as proteínas, parece-me que terás de ter atenção ao ferro.
    Basicamente para as proteínas ele deverá ingerir uma boa fonte de proteína vegetal (leguminosas - feijão, grão, ervilhas, lentilhas, soja) com um cereal, já que os aminoácidos que faltam nas leguminosas encontram-se nos cereais e, desta forma, consegues uma fonte de proteínas completa.
    Para o ferro, são boas fontes os vegetais de folha verde escura, a beterraba, enfim é variar o mais possível nos vegetais e leguminosas, se come ovo podes incluir 2 a 3 vezes por semana. Não dês lacticínios após as refeições principais, pois dificultam a absorção de ferro.
    Eu ainda não sou vegetariana, mas leio bastante sobre o assunto e sei que há crianças que nunca comeram derivados de animais (carne, peixe, ovos, lacticínios) e são saudáveis.
    procura informação na net, sei que no facebook existem grupos dedicados a este assunto, também existem uns quantos blogs, fóruns...
    tenho dois príncipes no meu reino: a princesa Beatriz e o príncipe José Maria


    Vendas em 1ª e 2ª mão;

    Comentar


    • #3
      Inserido Inicialmente por filomenav Ver Mensagem
      Olá
      Mais do que as proteínas, parece-me que terás de ter atenção ao ferro.
      Basicamente para as proteínas ele deverá ingerir uma boa fonte de proteína vegetal (leguminosas - feijão, grão, ervilhas, lentilhas, soja) com um cereal, já que os aminoácidos que faltam nas leguminosas encontram-se nos cereais e, desta forma, consegues uma fonte de proteínas completa.
      Para o ferro, são boas fontes os vegetais de folha verde escura, a beterraba, enfim é variar o mais possível nos vegetais e leguminosas, se come ovo podes incluir 2 a 3 vezes por semana. Não dês lacticínios após as refeições principais, pois dificultam a absorção de ferro.
      Eu ainda não sou vegetariana, mas leio bastante sobre o assunto e sei que há crianças que nunca comeram derivados de animais (carne, peixe, ovos, lacticínios) e são saudáveis.
      procura informação na net, sei que no facebook existem grupos dedicados a este assunto, também existem uns quantos blogs, fóruns...
      Olá Filomenav..
      Eu tb já andei a pesquisar, mas precisava daqueles livros, tipo" Curso intensivo de inicio ao vegetarianismo para totós!"
      A informação é imensa... é um poço sem fundo e as vezes nem se bem por onde "pegar"!
      Do que falas acho que não lhe vai ser nada,nada dificil porque ele adora e só pede os alimentos que mencionas-te...
      Ervilhas..bem ele consome ervilhas as toneladas.. lentilhas nunca fiz confesso apesar de ter ali um pacote..

      Vou tentar pesquisar com mais calma e tentar filtrar ao maximo a informação..
      Essa questão do ferro é que desconhecia...
      Normalmente o que encontro sobre crianças vegetarianas são crianças cujos pais adotaram á mto este "método", por isso controlam melhor as coisas..

      não vou desistir, porque preciso de encontrar mesmo solução..
      obrigado e beijocas

      Comentar


      • #4
        pois, não deve ser fácil. Entretanto, se achares que a opção mais viável não é torná-lo vegetariano, podes sempre "esconder" a carne e peixe na sopa... assim também ficas mais descansada em relação aos nutrientes que adviriam destes dois alimentos.
        Como curiosidade, estou num grupo do fb em que uma pessoa é crudivora (come somente alimentos crus) e o filho também, é mais pequenito do que o teu, mas ainda mama (o que facilita)
        tenho dois príncipes no meu reino: a princesa Beatriz e o príncipe José Maria


        Vendas em 1ª e 2ª mão;

        Comentar


        • #5
          Olá,

          Desculpa estar-me a meter, mas vou dar a minha opinião. Eu não como carne há mais de 10 anos, e sou saudavel, mas eu sou adulta. Quando planeei a primeira gravidez falei primeiro com a médica e ela não achou necessário eu voltar a comer carne.
          Eu acho que uma criança de 3 anos deve sim comer de tudo. O que se aplica à nossa alimentação não se aplica há de uma criança. O meu filho não é muito boa boca. A sopa dele, com 3 anos e meio, ainda leva carne, exatamente pela questão do ferro que já foi referida. E claro, depois ofereço-lhe prato, mas já não me stresso se ele não comer alguma coisa.
          Eu percebo que com este calor só apeteça comer legumes e fruta...
          Tu é que sabes o que será melhor para o teu filho, mas eu daria a sopa com fruta, e continuava a apresentar o prato normalmente, mas sem insistir muito. Pode ser só uma fase.

          Comentar


          • #6
            Eu peço imensa desculpa pela frontalidade mas... aos 3 anos não se tomam decisões, muito menos deste teor! Muito cuidado porque no regime vegetariano o problema, a meu ver, não é a proteína, é a vit B12 (a carência desta vitamina é MUITO grave e é na infância que armazenamos o suficiente para uns tempos de privação, caso aconteça), o ferro...

            E se o teu filho aos 3 anos tomasse a decisão de viver de chocolate, deixavas? Confesso que esta do miúdo ter tomado a sua decisão me deixou de cara à banda!

            Seja como for, caso vás com isso para a frente informa-te, mas informa-te à séria, com o pediatra e consulta um nutricionista pelo menos. Seja como for boa sorte com essa luta, acredito que não seja fácil ter um filho que faça fitas atrás de fitas para comer.
            Ultima edição por AnaGL; 14-07-2013, 23:49.

            Comentar


            • #7
              Inserido Inicialmente por AnaGL Ver Mensagem
              Eu peço imensa desculpa pela frontalidade mas... aos 3 anos não se tomam decisões, muito menos deste teor! Muito cuidado porque no regime vegetariano o problema, a meu ver, não é a proteína, é a vit B12 (a carência desta vitamina é MUITO grave e é na infância que armazenamos o suficiente para uns tempos de privação, caso aconteça), o ferro...

              E se o teu filho aos 3 anos tomasse a decisão de viver de chocolate, deixavas? Confesso que esta do miúdo ter tomado a sua decisão me deixou de cara à banda!

              Seja como for, caso vás com isso para a frente informa-te, mas informa-te à séria, com o pediatra e consulta um nutricionista pelo menos. Seja como for boa sorte com essa luta, acredito que não seja fácil ter um filho que faça fitas atrás de fitas para comer.
              Não podia estar mais de acordo.
              O meu filho também é muito mau para comer, o que faço é "entupir-lhe" a sopa, com a máxima variedade que posso. As frutas também não são o seu prato de eleição só come por ele maça e banana, então faço-lhe purés com as outras frutas para ele ir comendo de tudo.
              Boa sorte




              Madrinha querida Caty80
              Madrilhada fofucha Julit

              Comentar


              • #8
                A B12 num regime vegetariano equilibrado não me parece critica (consome ovos, leite), de qualquer forma convinha a mãe ser acompanhada e a criança também.
                Muitas crianças são vegetarianas (ou vegans) desde nascença e são saudáveis, no entanto admito que não seja fácil... eu fazia um regime quase vegetariano (digo quase porque ao fim-de-semana comia o que a minha sogra e mãe cozinhavam) no entanto também parei quando engravidei, precisamente por achar não ter os conhecimentos necessários... um dia espero reiniciar e tornar-me mesmo vegetariana!
                Quanto à criança, algumas recusam mesmo a carne e peixe, mas pode até ser temporário...
                tenho dois príncipes no meu reino: a princesa Beatriz e o príncipe José Maria


                Vendas em 1ª e 2ª mão;

                Comentar


                • #9
                  Inserido Inicialmente por filomenav Ver Mensagem
                  A B12 num regime vegetariano equilibrado não me parece critica (consome ovos, leite), de qualquer forma convinha a mãe ser acompanhada e a criança também.
                  Muitas crianças são vegetarianas (ou vegans) desde nascença e são saudáveis, no entanto admito que não seja fácil... eu fazia um regime quase vegetariano (digo quase porque ao fim-de-semana comia o que a minha sogra e mãe cozinhavam) no entanto também parei quando engravidei, precisamente por achar não ter os conhecimentos necessários... um dia espero reiniciar e tornar-me mesmo vegetariana!
                  Quanto à criança, algumas recusam mesmo a carne e peixe, mas pode até ser temporário...
                  Sim, de facto se ingerir ovos e leite (e derivados) não será por aí, consegue ir buscar o suficiente de b12, ainda assim é preciso andar "em cima" e garantir que consome o suficiente diariamente, visto que não tem margem de manobra por não comer peixe nem carne. Ovos por exemplo, uma pessoa não consome diariamente. Daí ser realmente importante aconselhamento especializado e traçar-se um plano alimentar que não comprometa o crescimento e saúde.

                  Comentar


                  • #10
                    Olá meninas..

                    Tenho andado ausente daqui mas não da luta diária que são as refeições!

                    Antes de mais queria deixar claro que o meu filho não tomou a decisão de ser vegetariano e que eu não permiti tal coisa.. Efetivamente não é ele que decide as refeições ou manda nas nossas decisões, e claro que se ele quisesse viver somente de chocolate tb não deixaria..
                    Possivelmente não me fiz entender nesta questão do ser vegetariano com 3 anos.. Devo ter passado mal a informação que queria..

                    Quando disse :
                    "Não me incomoda que ele não coma carne desde que eu saiba como contornar esta questão da proteína.. Sempre brinquei com a questão dele ser vegetariano mas a verdade é que acho que ele próprio tomou sua decisão!"

                    não disse que desisti de continuar a dar-lhe carne e peixe, se calhar pretendia mais que me dessem alterativas que possa fazer por exemplo 1x por semana para ver se ele ia vendo coisas diferentes e aos poucos voltar a comer sem berreiros..
                    ja falei com a pediatra dele sobre isto e ela disse para forçar..coisa que temos feito, e mantemos..
                    Continua a haver sempre legumes as refeições, assim como na maioria das vezes saladas..
                    Aos pouco vai mordiscando as coisas...
                    O que conseguimos que ele comesse bem foi salsichas de frango... porque na historia que lhe lemos á noite á um pic nic com os personagens do mickey, onde comem salsichas... pra nos foi uma vitória! Comeu e não protestou..
                    O peixe, umas vezes gosta outras não! falo de peixe que ele sempre comeu(robalo,dourada,sardinha,carapau..) mas aos poucos tem voltado a mordiscar..

                    Sopas.. come tudo e com tudo seja feijão, grão, massa, arroz, feijão verde...e com todo o tipo de legumes que eu queira... O problema começa quando lhe meto a carne... pois ele não come!
                    Não não come.. a ultima era de frango, bem passado e ele comeu na 1ª vez á desconfiança e as outras voltamos ao "martírio" e não, não lhe disse que a sopa tinha carne...
                    Ovos ele gosta mas so da gema e cozido.
                    Fruta marcha tudo..

                    Continuamos a ter "barulho" a todas as refeições, que deixaram de ser uns 40m para cerca de 1h/1.30h!

                    as vezes em fases de desespero "subornamo-lo" com a questão da fruta( cerejas,melão, uvas..), mas só mesmo em desespero, uma vez que não queremos que ele associe a carne e o peixe a haver recompensa.. assim é que só come mesmo se lhe interessar..

                    No outro dia tb fiz panados mas no forno e a coisa tb correu "bem".

                    Até pode ser uma fase como algumas mães têm comentado, mas esta é uma fase que está difícil de ser ultrapassada..
                    O que custa mais é que ele nunca foi criança de fazer estas "cenas" às refeições e agora ..

                    Basicamente não desistimos da luta, mas se encontrar receitas vegetarianas que possam ir de encontro aos gostos dele, irei certamente faze-las pontualmente.
                    De qualquer forma agradeço as opiniões de todas as mães, acima de tudo pelos alertas que deram e que desconhecia..

                    beijocas

                    Comentar


                    • #11
                      Necessidades nutricionais

                      Rodriel:


                      Necessidades médias de uma criança dos 3 aos 5 A:
                      - Energia: 90 Kcal/dia/Kg (ex: se tiver 15 Kg as necessidades são 15x90=1350 Kcalorias/dia)
                      - Proteínas totais: 1,1 gr /Kg/dia (ex: se criança com 15 Kg, então: 15x1,1= 16,5 gr proteínas/dia)

                      gr de Proteínas não é o mesmo que gr de carne, peixe, ovos, leite, leguminosas....
                      Ex: 100 gr de carne têm x gr de proteínas

                      As proteínas não são todas iguais entre os alimentos. Existem as de alto valor biológico- com quantidades satisfatórias de aminoácidos essenciais (extremamente necessárias para construção dos tecidos e funcionamento de sistemas etc) e as de baixo valor biológico- com menor quantidade de aminoácidos essenciais (tb necessárias mas em menor quantidade. As de alto valor biolog estão nos prod origem animal. As de baixo, estão nos prod de origem vegetal. No entanto é possível juntando determinados alimentos de origem vegetal, conseguir uma refeição com elevado valor biologico em proteínas, isto é, com quantidade satisfatória de aminoác essenc. Acontece que, nem sempre planeamos refeições destas e qdo se trata de uma criança que come mal será mais dificil atingir esta combinação. Assim o consumo de alimentos de origem animal dá "mais garantias" de um consumo suficiente.
                      Em idade pré escolar e escolar há uma natural diminuição do apetite e das necessidades calóricas mas um aumento das necessidades proteicas (há uma desaceleração do crescimento e um aumento de produção de massa muscular).

                      Gordura: altamente importante (desde que não seja trans nem saturada- esta pode e existe na nossa alimentação mas deve ser ingerida em quantidades limitadas). Os ácidos gordos essenciais são isso mesmo: essenciais. A gordura é necessária a: absorção de vitaminas que só são soluveis na presença de gorduras, mielinização do sistema nervoso central (e boa condução dos impulsos nervosos para realização de todas as atividades e mais algumas), síntese de hormonas, bom desenvolvimento cerebral e construção dos tecidos, uma vez que todas as membranas das nossas milhentas células são formadas com a presença de gordura.

                      Ferro- a anemia ferropénica é mto frequente em bebés e crianças. O ferro não é todo igual tal como as proteínas. O Ferro dos alimentos de origem animal (contêm ferro mais funcional e do outro menos absorvível tb) tem uma absorção maior e não é influenciada por certos factores. O Ferro de origem vegetal é absorvido em menor quantidade e a sua absorção é mais afectada por outros nutrientes como os fitatos, fibras, taninos e cálcio.Alguns destes nutrientes q dificultam a absorção do ferro estão em alimentos como os espinafres. Assim, os vegetais de folha verde não são a melhor fonte de ferro pois apesar de terem alguma quantidade deste, possuem outros nutrientes q dificultam a sua absorção, para alé do facto de serem fontes de ferro não funcional. Por sua vez, a vit C e A facilitam a sua absorção.
                      O Ferro é importante no transporte de oxigénio, no crecimento celular e em vários processos.

                      Vitamina B12- fundamental e existente nos produtos de origem animal. A sua carência é responsável por outro tipo de anemia: megaloblástica. É importante para o Sist nervoso, DNA, formação das células sanguíneas e metabolismo de nutrientes (alguns aminoácidos, p ex)..Os cereais fortificados contém B12, mas podem conter outros "senãos".

                      Cálcio- necessário à formação óssea, dentária, muscular etc etc...mas para a sua melhor ação é bom que haja ingestão e produção de Vitamina D. Existe nos prod lácteos, tofu, frutos oleaginosos, peixe, feijões de soja...etc

                      Zinco- importante para o DNA, crescimento celular, função imune, maturação sexual, metabolismo dos nutrientes..
                      É mais disponivel para ser absorvido nos prod de origem animal. Apesar de existir nas leguminosas, frutos oleaginosos..

                      É importante que o crescimento da estatura e peso seja equilibrado, tendo em consideração a constituição dos pais.

                      Se quiseres algo mais específico para o teu filho, inclusivamente recomendações e planos para seguir uma dieta vegetariana deves procurar um nutricionista credenciado e especialista em nutrição infantil, de preferência.


                      Aqui vai um link de um e-book disponibilizado online pela Associação Portuguesa de Nutricionistas sobre alimentação infantil que inclui algumas estratégias:
                      http://www.apn.org.pt/xFiles/scConte...cs/Doc1137.pdf


                      Este link é sobre lanches escolares:
                      http://www.apn.org.pt/xFiles/scConte...ocs/Doc851.pdf

                      Espero ter dado um contributo
                      Cumpts,
                      Ana Ferreira

                      Comentar

                      slot_bottomleaderboard_post

                      Collapse
                      Working...
                      X