Comunicação

Collapse
No announcement yet.

slot_topleaderboard_post

Collapse

Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

Collapse
X
 
  • Filtrar
  • Tempo
  • Mostrar
Clear All
new posts

  • srs
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    olá bom dia,



    desculpa só postar agora, mas não deu antes



    bcosta quero-te dar os parabéns pelo nascimento da tua Marta e se me permites dizer que ela é linda, muito linda, morenaça, vai-te dar trabalho, quando crescer



    apesar de todos os sustos, ela foi mais forte (e tu tb claro) e hoje é uma mulher....



    muitas felicidades

    Escreva um comentário:


  • bcosta
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    analuisavet (22-07-2010)Olá bom dia.



    Não podia deixar de responder e desejar-lhe tudo de bom. Ao ler a sua resposta senti uma grande admiração pela vossa coragem em aceitar e enfrentar todos os problemas que possam surgir. Sem a querer deixar triste o ano passado estava grávida de 22 semanas e na eco morfológica foi detectado uma CIVA (comunicação auriculo-ventricular) na minha menina, também ficamos de rastos não estavamos nada à espera. Fiz a amniocentese que deu positivo para a T21 e depois de muita dor decidimos interromper a gravidez. Por isso ao ler o seu testemunho revi-me na sua situação e sei o quanto é dificil aceitar. Admiro-os muito pela coragem que demonstram e espero que no vosso caso as coisas sejam mais fáceis.



    Espero do fundo do coração que corra tudo bem. Bj grande.



    Ana


    Muito obrigada Ana, fico triste por ter corrido mal, mas a esperanca e a ultima a morrer, e essa nao quero que morra em mim ... NUNCA.

    A aminiocentese so nos foi proposta agora, as 33 semanas...era impossivel para nos, tomar qualquer decisao agora.

    Decidimos aceitar o que o destino nos destinou, e uma menina que amor nao lhe ira faltar, e toda a gente esta desejosa de a conhecer.

    Faltam duas semanas para sabermos tudo. Ate la...vamos tentando esquecer (por dificil que seja) esses receios que muito nos atormentam.

    Seja o que Deus quiser. Mas tenho esperanca que seja so o heart defect, como eles aqui chamam.

    Um beijinho muito grande para si, e coragem.

    Escreva um comentário:


  • analuisavet
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    Olá bom dia.



    Não podia deixar de responder e desejar-lhe tudo de bom. Ao ler a sua resposta senti uma grande admiração pela vossa coragem em aceitar e enfrentar todos os problemas que possam surgir. Sem a querer deixar triste o ano passado estava grávida de 22 semanas e na eco morfológica foi detectado uma CIVA (comunicação auriculo-ventricular) na minha menina, também ficamos de rastos não estavamos nada à espera. Fiz a amniocentese que deu positivo para a T21 e depois de muita dor decidimos interromper a gravidez. Por isso ao ler o seu testemunho revi-me na sua situação e sei o quanto é dificil aceitar. Admiro-os muito pela coragem que demonstram e espero que no vosso caso as coisas sejam mais fáceis.

    Espero do fundo do coração que corra tudo bem. Bj grande.

    Ana

    Escreva um comentário:


  • bcosta
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    Ola amiguitas,

    Estou aqui, a ver se durmo, mas no meu pensamento so sai o dia de amanha.

    Mais consultas, e com receio de ficar no hospital outra vez. A tensao aqui em casa tem andado tao orientada, so estou para ver se amanha me prega mais uma partida.

    Sinto-me assustada porque ultimamente quando vou aos medicos nunca tenho boas noticias. Sera que amanha e uma excepcao? E que na verdade sinto-me como se fosse para a forca. A minha irma a pouco ate me disse que vai correr bem porque na vida nem tudo e mau, eu na verdade queria acreditar nisso, mas ja nao sei, ja nao sei de nada.

    Tenho mala pronta, as roupas para o marido e para a filhota mais velha preparadas, caso fique "hospedada". Mas a minha Rita que so faz e dizer que "amanha I miss you" ... por muito que eu nao queira as lagrimas correm-me pela cara abaixo, e o sentimento de culpa volta novamente. Uma porque sinto que estou a abandona-la, outra porque sinto que faco tudo errado com a Marta.

    Sinto-me um bocado perdida.

    Tentei nestes dias animar-me, conversar aqui no forum, ser de novo a mesma rapariga que era antes, mas agora...estou a ir-me abaixo de novo. Com muito medo do dia de amanha...

    Rezem por mim e pela minha menina, e mandem-me uma palete de forca, outra de coragem e outra de fe, estou mesmo a precisar.

    Beijinhos grandes e vamos la a ver se durmo, amanha o dia vai ser longo e tenho que estar, ou melhor, tentar dar o melhor de mim...

    Fiquem bem.

    Fique ou nao fique no hotel 5* como posso ter computador comigo, eu depois ao fim do dia (madrugada ai) dou noticias.

    Escreva um comentário:


  • bcosta
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    Ola amigas,

    Rute, MbPrincesa...muito obrigada pelas vossas palavras.

    Tenho boas noticias, com a analse de 24 horas a urina, verificou-se que ja nao existe proteina na mesma. Sendo assim com o descanso, alimentacao de dieta de acucares e sal, muita agua e tensao controlada...os medicos deram-me alta hoje e estou em casa. Em repouso absoluto, cama, xixi e cama...nada mais que isso.

    A semana que vem tenho muitas consultas...cardiologia pediatrica, gravidez de risco, obstetricia...mas sera tudo por uma boa razao, e essa razao chama-se Marta.

    Tive a fazer um CTG de 24 horas, ai que tanto que me custaram as posicoes. Nada de contracoes e uma bebe que em menos de 15 minutos faz 10 movimentos (o pedido para 2 horas), Custa-me a acreditar que ela possa ter tantos problemas, com a vitalidade que ela tem.

    Nao sei se disse aqui ou nao, mas permanece a duvida de se tratar ou nao do sindrome de down. Queira Deus que nao. Foi-me posta em cima da mesa a ameniocentese mas eu e o meu marido decidimos, aceitar a Marta como ela for, ama-la e cuidar dela com tudo o que ela merece, tenha ela esse problema ou nao. Esse exame agora poria em risco a bebe, por exemplo, parto prematuro, que e mesmo o que nao se quer. Vamos arriscar, estamos todos nas maos de Deus, e nos que nao somos pessoas de fazer mal a ninguem sabemos que ELE estara junto a nos, a dar-nos forca.

    Ontem recebi uma visita no quarto do hospital muito especial...sim uma medica da neonatologia, parame explicar tudo o que vai acontecer com a minha menina apos nascer.

    Mas uma prova que me deram que toda a gente ja sabe o problema que ela tem, toda a gente estara a espera dele, e cuidar dela tendo em conta o seu problema. Uma grande vantagem de se saber o que ela tem antes de nascer (nem tudo e mau...).

    Entao as coisas vao-se desenrolar da seguinte maneira:

    Sera feita a cesariana, demodo a que nao haja sofrimento respiratorio da bebe e meu antes dela nascer. Apos ela nascer tera junto a ele neonatologistas, e cardiologista de modo a ver qual a reacao dela apos sair da barriga e ter que respirar por ela propria.

    Ficara cor azul, por causa da tal mistura do sangue, por causa da ausencia da parede a separar os ventriculos. Essa cor podera ser moderada atraves de medicacao para ajudar a "despejar" os pulmoes de liquidos e fazer xixi.

    Vai ser normal a Marta nao chorar ao nascer, nada de panicos se isso acontecer. Isso pode acontecer principalmente se eles nesse momento lhe puserem tudo respiratorio o quel nao deixa emitir qualque som.

    Eu tenho hipotese de ve-la e de seguida sera enviada para cuidados intensivos, onde durante a primeira hora, serao feitos exames a bebe tais como r-x, ecocardiogramas, medicacao para os liquidos, tubo de oxigenio que em principio sera necessario e analises de genetica para a despistagem do sindroma de down. Na primeira e segunda hora nao vou saber nada da minha menina, so apos esse tempo e que haverao prognosticos.

    Nao vou ter a minha menina ao pe de mim no quarto, ficara uns dias em cuidados intensivos. Nao poderei amamentar poque ira ter dificuldades em alimentar-se, mas como decidi leite materno, comecarei no quarto com a extracao com bomba para a poderem alimentar com o meu leitinho.

    O tempo de estadia dela nos cuidados intensivos depende da gravida do problema, dela, da maturacao dos seus pulmoes ...

    Assim como a cirurgia, nao vai poder ser evitada, mas...quando sera feita tudo depende da gravidade do problema que so apos a nascenca e que se tera uma ideia mais concreta.

    Se tudo correr bem...podera vir para casa a algum oxigenio, mas nao saira sem saber comer. Antes de sair do hospital sera feito um exame de car seat, ou seja durante uma hora ela sera colocada numa cadeirinha do carro (ovo) e num simulador de andamento, para ver o quanto ela podera fazer uma viagem.

    Uma visita muito importante para mim, para nao entrar em panico com tudo o que vai acontecer. Tudo e todos estao a par da situacao dela, para alem de ser um hospital catolico e sentir a minha volta fe (a que me faltava), ainda sinto...finalmente que nao estou sozinha.

    Continuo assustada, mas conformada. Estou em panico mas ao mesmo tempo com a sensacao qeu vao ser tempos duros, mas necessarios se quero ter a minha menina comigo. Tenho que ter coragem, forca e confianca em todos os que estao a minha/nossa volta.

    Enfim amigas tempos dificeis nos esperam, mas nao nos pode faltar a coragem. A unica surpresa que podera surgir e o sindrome e esse eu nao me consigo preparar psicologicamente. Embora a neonatologista ontem, que foi um anjo que me aparaceu a meia noite no quarto), me dissesse que estes medos todos passariam quando eu olhasse para a minha filha e visse o quanto ela e linda e perfeitinha...eu sinto medo. Da minha reccao, de tudo...e nisto que me esta a faltar ainda a coragem.

    Mas sao 20% de hipoteses de isto poder acontecer...a esperanca existe e e essa que eu quero encontrar seja onde for.

    Beijinhos grandes e muito muito obrigada pelo apoio que eu tenho sentido da vossa parte, que por nenhum momento me deixaram sozinha, como eu ate a um tempo atras pensava estar.

    Acham que mereco um pastel de nata???? Eu acho que sim e a minha menina tb so um

    Escreva um comentário:


  • MBprincesa
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    Isa,



    Só para te deixar um beijinhos. Estás vigiada e vai correr tudo muito bem!



    Beijocas na barrigona linda!

    Escreva um comentário:


  • rbalmeid
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    Ola!



    Respondo-te aqui patra nao estar sempre a invadir o vosso topico de Agosto!



    Nada de panicos! A pre-eclampsia é memso assim, mesmo qu enao houvesse nenhum problema com a Marta ias estar a ser observada de forma apertada, em repouso absoluto, e estando longe do hospital possivelmente internada! E tentar que nao nasça prematura é um apreocupaçao que deviam ter todos os hospitais com todos os bebes (felizmente muito teem) porque nunca se sabe se um bebe de 35 semanas vai ou ter sintomas de prematuridade e falta tao pouquinho...



    Va la como tu mesma podes confirmar a Marta esta bem, com boa vitalidade e por isso so tens de estar o mais tranquila que possas e dar-lhe o tempinho que ainda precisa ai no quentinho.



    Beijinhos

    Rute


    Escreva um comentário:


  • bcosta
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    Ola amigas visita rapid so para dizer que ate agora estou bem, a marta esta bem, e estou a ser vigiada a todo o minuto.



    amanha tenhto passar outra vez



    Obrigada amigas obrigada pelo vosso apoio.



    beijinhos

    Escreva um comentário:


  • anamag
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    gabriela pereira (14-07-2010)O que chatice!...e sabes por qto tempo vai ter de lá ficar?



    Se falares com ela diz que lhe mando um grande beijo, e desejo que melhore rapido!



    beijinhos e obg


    Ainda não sabia. Mas receava que fosse para ficar até que a Marta nasça...



    Obrigada, Gabriela. Eu digo-lhe!

    Escreva um comentário:


  • gabriela pereira
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    O que chatice!...e sabes por qto tempo vai ter de lá ficar?

    Se falares com ela diz que lhe mando um grande beijo, e desejo que melhore rapido!

    beijinhos e obg

    Escreva um comentário:


  • anamag
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    A pedido da bcosta, venho comunicar-vos que ficou internada, já que a tensão estava bastante elevada.



    Assim que tiver mais notícias, virei aqui informar-vos.



    anamag

    Escreva um comentário:


  • rbalmeid
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    Ja esta respondido!



    Beijinhos



    Rute

    Escreva um comentário:


  • bcosta
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    Ola Rute,

    vou mandar-te PM.

    beijinhos

    Escreva um comentário:


  • rbalmeid
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    bcosta (07-07-2010)Percebi tudo o que me disseste e muito obrigada, mesmo.



    Quando dizes que dentro da barriga da mae a filtragem desse sangue e feita atraves da placenta, penso que sera feita atraves da veia do cordao umbilical, certo? (cordao umbilical constituido por 3 vasos, 2 arterias e uma veia...) Essa veia e a que eu nao tenho...por isso poder haver este problema, ou desconfiar-se que possa existir. Comeca a fazer sentido.



    Em relacao ao desenho, e parecido com o que ele me fez mas com uma diferenca que se calhar nem tem nada a ver. Mas essa abertura, ou ligacao entre ventriculos, no desenho do Dr Bruno esta na base do coracao, ou seja na parte de baixo, e o desenho que o medico me fez, e no topo. Se calhar nao tem nada a ver. Mas estas a ver aqueleas maquinas de jogos em que tens uma patilha que te manda a bola para cima?



    Essa patilha e como se fosse o que eles nao veem na Marta. Se a patilha baixar tapa a falha se nao baixar essa falha ficara aberta. Podera la estar, mas como muita fininha que e nao a conseguem ver.



    beijinhos


    Mais acima mas entre os ventriculos?

    Entre as caviidades de cima e de baixo ha umas valvulas que separam as auriculas dos ventriculos e esse ja é outro tipo de sopro porque separamnao um ventriculo do outro mas sim a auricula do ventriculo. E se for acima da vaicula mas na mesma entre direita a a esquerda entao é entre as auriculas (atria em ingles) e nesse caso é igual a que tem o Bruno.



    Beijinhos

    Rute

    Escreva um comentário:


  • rbalmeid
    respondeu
    RE: Baixo precentil e inexistencia de vaso sanguineo no cordao umbilical - 24 semanas gravidez

    gabriela pereira (07-07-2010)
    rbalmeid (07-07-2010)Ola!



    Essa confusao entre sopro e a cardiomiopatia tambem eu a fiz no inicio e repara quet trabalhona area, devia saber!



    O sopro é o que se ouve quando se ausculta. Se ha um sopro alguma coisa esta menso bem. Pode ser um avalvula que funciona mal, u ma comunicaçao destas que estamso a afalar ou outro problema e normalmente é preciso fazer exames (ecocardiograma) para a saber. Os pediatra se os medicos de fa,milia falam de sopros porque é o que podem "ver".



    Um dos muitos problemas que podem provocar sopros sao as tais comunicaçoes fetais que nao fecharam.



    Ora para teres uma ideia. Num coraçao ha 4 cavidades. As duas de cima auriculas recebem sangue dos pulmoes (lado esquerdo) e de todo o corpo (lado direito) e enviam-no para as duas cavidades de baixo, os ventriculos que sao quem bombeia para todo o corpo: direito para os pulmoes e o esquerdo para o resto. O lado direito e o lado esqueredo estao separados por uma parede e os sangues nao se misturam. Isto porque nos pulmoes o sangue troca o dioxido de caborno (CO2) por oxigenio (O2) e nao quermos que o sangue arterial carregadinho de oxigenio que circula do lado esquerdo se misture com o sangue venoso cheio de CO2 que vai a caminho dos pulmoes para ser "limpo".



    Ora nos fetos os pulmoes nao funcionam e a troca entre CO2 e O2 é feita na placenta. Por isso estas udas ciculaçoes separadas (alod direito e lado esquerdo) eram um desperdicio. Assim ha uns orificios que permitem o sangue circular livremente de um lado para o outro. No fim da gestaçao ou nso primeiros tempos apos o nascimento esses orificios (e mais umas passagens extra que ha) fecham e a circulaçao passa a ser como em todos os nascidos.









    Muito frequentemente essas passagens e orificios so fecham depois do nascimento e entao quando sao auscultados ouve-se o tal sopro. Como quase sempre fecham naturalmente nao ha problema!



    De vez em quando la ha um bebe em que nao fecha uma delas. No caso do Bruno nao fechou a passagem entre as auriculas logo tem uma comunicaçao intra-auricular (CIA) e ha sangue que passa do lado esquerdo para o lado direito por esse buraco. Ao que parece no teu caso suspeitam que pode nao fechar o buraco entre os ventriculos ou seja a Marta nasceria com uma comunicaçao intra-ventricular (CIV) que permitia que algum sangue se escapasse de um ventriculo a outro.



    O problema a longo prazo é que vai haver mais sangue a circular nos pulmoes do que o normal e isso pode trazer tendencia para infecçoes respiratorias. Por outro lado a parte do coraçao que recebe mais sangue estica (dilata) e ao fim de anos tambem pode dar complicaçoes. Repara que estamso a falar de complicaçoes em anos, nao em dias!



    O que o cardiologista vai avaliar é se acha muto ou pouco provavel que isso venha acontecer (nao fechar o orificio). Pode nao fechar por nao existir a membrana que depois tapa, ou existindo ser mais curta que o buraco. Mas na verdade ache ele ou nao que vai haver CIV nao ha nada afazer agora, nem quando nasça a bebe! Fara um ecocardiograma para se ter a certeza e medir o buraquinho e depois controlso periodicos para ver se esta ou nao a fechar e se nao fecha algum dia o tera de corrigir para evitar problemas futuros. Essas corecçoe sso se contumam fazer em idade pre-escolar ou escolar!



    Por isso nada de stress!



    Ha boneco qu ete fez o meduico deve ser parecido com isto:



    http://www.brunorocha.com.br/site/ci...cas_4_cvi.html



    Beijinhos



    Rute


    Nem sempre um sopro se ouve na auscultação, o meu Afonso tem um que só foi detectado num ecocardiograma de rotina, tinha ele 1 mes de vida, e tb me disseram que até ao 1 ano deve fechar!...nunca o detectaram na auscultação, e olha que o fizeram muitas vezes porque esteve 4 semanas internado na neo...agora continuam sem o ouvir qdo é auscultado, e esforçam-se por conseguir!



    bjs


    Siim, inteiramente verdade! O do Bruno que sabemos que esta la ja ha muito tempo que se deixou de ouvir! O diagnostico tem sempre de ser feito com o ecocardiograma porque ai ve-se se o sanhgue passa onde nao devia!



    Um cardiologista que esta especialmente treinado para isso consegue, mas um pediatra "comum" tem de se esforçar e mesmo assim nem sempre!



    Beijinhos



    Rute

    Escreva um comentário:

slot_bottomleaderboard_post

Collapse
Working...
X