Comunicação

Collapse
No announcement yet.

slot_topleaderboard_post

Collapse

Onde oferecer roupa usada?

Collapse
X
  • Filtrar
  • Tempo
  • Mostrar
Clear All
new posts

  • #46
    RE: Onde oferecer roupa usada?

    Mimocas (20-08-2009)
    cinanina (20-08-2009)
    helena_estrela (19-08-2009)







    desculpa tive de ler ai umas 10 x esta frase.... desculpa mas o ke e ke a sida tem para ke a pessoa deixe de ser catolica???? isso so demonstra um preconseito mtooooooooooooo grande... a sida nao significa falta de fe, nem ma vida, nem permiscuidade. significa uma infecção ke pode ser contraida por transfusao sanguinia.. por exemplo... pk o marido de uma senhora mtooo catolica e de mta fe foi as odaliscas de ma vida e trouxe a doença para casa... como e? tambem nao pode ser enterrada????






    Pode, pode ser enterrada. Não pode é uma pessoa que não foi católica durante a vida, querer exigir um funeral católico. Se a senhora foi católica durante a vida (não há muito, nem pouco, mas enfim, é mais uma maneira de ofensa gratuita àqueles que são católicos) certamente que o padre lhe dará a missa no funeral. Talvez ao marido é que não, quando ele morrer de sida... e então, está a fazer mal?






    Pensava que já ninguém pensava assim.



    Mas que discurso é este? Parece que voltamos aos primórdios do aparecimento da Sida.



    Pelo que tenho lido e fazes questão de dizer és uma pessoa diferenciada (com muitos canudos) mas isto não te fez crescer como ser humano, pois não?
    Parece que não perceberam que essa história de dar ou não missa a uma pessoa morta é uma idiotice sem limites e mais uma maneira de falar mal da igreja. Mas se realmente vamos a isso, então sejamos congruentes é só isso que digo: para que quer um hipotético homem que contagiou a mulher com sida e morreu com a mesma doença, um funeral católico?



    Portanto, escandaliza-vos que um hipotético homem que traiu a mulher e a contagiou com sida, não seja visto como católico? Acham que mesmo assim deveria ter direito a um funeral católico... eu acho que não.



    Eu não faço questão nenhuma em falar das minhas habilitações e não sei o que isso tem a ver com o assunto. Vão sempre buscar assuntos paralelos, como a minha formação académica, profissão ou o facto de me indignar que se vão buscar todos os estratagemas, incluindo a amamentação ou o que for preciso, para não trabalhar, particularmente num período de crise. Que são assuntos que nada têm a ver.



    Porque no fundo não conseguem argumentar. E então agarram-se a tudo o que for preciso: ofensas verbais, calúnias, assuntos pessoais que nada têm a ver, ou mesmo pegar numa pseudo-doença que possivelmente nem nunca existiu para fugirem ao assunto. É óbvio que quando se fala em sida neste caso concreto se está a falar de alguém (se esse alguém existiu) que teria um eventual comportamento que um eventual elemento da igreja não aceitou. Porque não seria certamente dos casos de transfusão ou da pobre mulher enganada. Agora ficam agarradas à suposição que gostam de fazer de que eu tenho um preconceito contra nem sei bem o quê - pessoas com sida? Não, eu não tenho nenhum preconceito contra pessoas com sida, mas salvo raríssimas excepções (que não servem neste contexto específico) não podem ser consideradas católicas porque têm comportamentos sexuais que a igreja não aceita. Não tentem baralhar os raciocínios para servir a dificuldade que têm em compreender coisas simples. Se o eventual padre se negou a dar uma missa é porque achou que aquela pessoa teve um comportamento inaceitável durante a vida, não foi certamente a um bebé que contraiu a doença.



    Para informação, tenho mtos amigos e amigas gay, um infelizmente morreu com a doença (já há uns 15 anos), outro tinha um irmão toxicodependente que tb morreu com sida e que esteve internado num hospital católico, a ser atendido por freiras e fez o funeral católico na Basílica da Estrela. Por isso tudo me irrita este tipo de conversa, porque as pessoas que fazem este tipo de comentários sobre a igreja fundamentam-se sempre em casos mto específicos mas depois todos os outros são pura e simplesmente irrelevantes.

    Comentar


    • #47
      RE: Onde oferecer roupa usada?

      Miaua (20-08-2009)
      Dekinhas (20-08-2009)
      Mimocas (20-08-2009)







      Pensava que já ninguém pensava assim.







      Mas que discurso é este? Parece que voltamos aos primórdios do aparecimento da Sida.







      Pelo que tenho lido e fazes questão de dizer és uma pessoa diferenciada (com muitos canudos) mas isto não te fez crescer como ser humano, pois não?






      Quando pensamos que já vimos tudo, alguém nos mostra o contrário...












      Isso é porque não estás recordada do tópico onde achava que uma mãe devia abdicar das horas de amamentação porque o patrão podia estar em "situação económica difícil"... histórias antigas mas a essência é a mesma, infelizmente.







      Estranho é não saltar ninguém em defesa... mundo de infiéis, este!
      A essência é a mesma do quê? Arranjas sempre uma desculpa para vir buscar o mesmo assunto das prioridades trabalho/família. Que obsessão... faz-te pena que eu goste do meu trabalho?

      Get over it, essa discussão já foi há quase um ano.

      Comentar


      • #48
        RE: Onde oferecer roupa usada?

        Olá Bom dia



        Eu sempre li estes tópicos, e sempre me abstraí.



        No entanto, e por ter passado por várias religiões na minha família sou ateia. Simplesmente não acredito. Respeito muito quem o faz. Apenas isso.



        No entanto não posso deixar de me indignar com a quantidade de "tapa-olhos" que a igreja católica impinge aos seus "seguidores".

        Cinanina, mexe comigo quando dizes isto: Portanto, escandaliza-vos que um hipotético homem que traiu a mulher e a contagiou com sida, não seja visto como católico? Acham que mesmo assim deveria ter direito a um funeral católico... eu acho que não.



        Sabes porquê?? Porque a Igreja Católica prega que o uso do preservativo deve ser abolido... Ora então se o senhor é católico, não usa preservativo é só óbvio que contagie. Sim, eu sei a traição não faz parte do rol de recomendações católicas. Já sei.



        Mas sabes, Jesus Cristo também disse que não era em tábuas ou pedras que ele estava, que a fé de cada um era suficiente para ele viver. No entanto continua-se a pregar que a Igreja é a casa de Deus...



        Não leves a mal a minha participação. Já vi muita coisa. Odeio dogmas e a Igreja Católica para mim não passa de um monte de mentiras hipócritas banhadas a ouro para parecerem puritanas. Assim como não suporto a doutrina Jeová.

        No fundo no fundo, não suporto pessoas que só sabem ver um ponto de vista. Gosto de pessoas saudáveis mentalmente e a Igreja Católica não permite isso. (Ela e todas as outras doutrinas do género atenção).



        Não tem de haver discriminação.

        Beijinhos

        Positivo a 2/12/2010 DPP prevista para 31/07/2011O nosso baguinho -> http://nossobaguinho.blogspot.com

        Comentar


        • #49
          RE: Onde oferecer roupa usada?

          cinanina (21-08-2009)
          MMargarida (21-08-2009)



          Será do adiantado da hora ou estou a ler mal? :w00t::w00t:



          Já que refere que pessoas com HIV não devem ter missa no funeral, responda-me a uma coisa:



          Aquelas padres/bispos americanos (falo dos americanos porque foi o caso mais difundido na Comunicação Social) que abusaram sexualmente de menores, quando morrerem terão direito a funeral porque sempre foram católicos impolutos, não? Já foram, até terão o seu lugarzinho no Céu, reservado junto a São Pedro, como bons católicos que foram?!



          Já para não falar daqueles que são gays. Isso, para a Igreja Católica, também é contranatura, não?


          Acho que sim, mas não sei. Mas ninguém disse que as pessoas com HIV não devem ter missa no funeral... mas que disparate. O que houve foi uma pessoa aqui na discussão que disse que o padre da sua terra não o fazia. E mais uma vez um exagero, que se refere ao facto do padre ter negado missa a alguém que terá eventualmente morrido com sida e agora já é generalizado. É claro que a igreja dá a missa a toda a gente, não sejam idiotas.



          Qto à sua pergunta, estupidez tem limites.


          Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.


          O meu parto: O Meu Admirável Mundo Novo... (Maternidade Daniel de Matos - Coimbra)

          Comentar


          • #50
            RE: Onde oferecer roupa usada?

            cinanina (21-08-2009)
            Mimocas (20-08-2009)
            cinanina (20-08-2009)
            helena_estrela (19-08-2009)



            desculpa tive de ler ai umas 10 x esta frase.... desculpa mas o ke e ke a sida tem para ke a pessoa deixe de ser catolica???? isso so demonstra um preconseito mtooooooooooooo grande... a sida nao significa falta de fe, nem ma vida, nem permiscuidade. significa uma infecção ke pode ser contraida por transfusao sanguinia.. por exemplo... pk o marido de uma senhora mtooo catolica e de mta fe foi as odaliscas de ma vida e trouxe a doença para casa... como e? tambem nao pode ser enterrada????


            Pode, pode ser enterrada. Não pode é uma pessoa que não foi católica durante a vida, querer exigir um funeral católico. Se a senhora foi católica durante a vida (não há muito, nem pouco, mas enfim, é mais uma maneira de ofensa gratuita àqueles que são católicos) certamente que o padre lhe dará a missa no funeral. Talvez ao marido é que não, quando ele morrer de sida... e então, está a fazer mal?


            Pensava que já ninguém pensava assim.



            Mas que discurso é este? Parece que voltamos aos primórdios do aparecimento da Sida.



            Pelo que tenho lido e fazes questão de dizer és uma pessoa diferenciada (com muitos canudos) mas isto não te fez crescer como ser humano, pois não?


            Parece que não perceberam que essa história de dar ou não missa a uma pessoa morta é uma idiotice sem limites e mais uma maneira de falar mal da igreja. Mas se realmente vamos a isso, então sejamos congruentes é só isso que digo: para que quer um hipotético homem que contagiou a mulher com sida e morreu com a mesma doença, um funeral católico?



            Portanto, escandaliza-vos que um hipotético homem que traiu a mulher e a contagiou com sida, não seja visto como católico? Acham que mesmo assim deveria ter direito a um funeral católico... eu acho que não.



            Eu não faço questão nenhuma em falar das minhas habilitações e não sei o que isso tem a ver com o assunto. Vão sempre buscar assuntos paralelos, como a minha formação académica, profissão ou o facto de me indignar que se vão buscar todos os estratagemas, incluindo a amamentação ou o que for preciso, para não trabalhar, particularmente num período de crise. Que são assuntos que nada têm a ver.



            Porque no fundo não conseguem argumentar. E então agarram-se a tudo o que for preciso: ofensas verbais, calúnias, assuntos pessoais que nada têm a ver, ou mesmo pegar numa pseudo-doença que possivelmente nem nunca existiu para fugirem ao assunto. É óbvio que quando se fala em sida neste caso concreto se está a falar de alguém (se esse alguém existiu) que teria um eventual comportamento que um eventual elemento da igreja não aceitou. Porque não seria certamente dos casos de transfusão ou da pobre mulher enganada. Agora ficam agarradas à suposição que gostam de fazer de que eu tenho um preconceito contra nem sei bem o quê - pessoas com sida? Não, eu não tenho nenhum preconceito contra pessoas com sida, mas salvo raríssimas excepções (que não servem neste contexto específico) não podem ser consideradas católicas porque têm comportamentos sexuais que a igreja não aceita. Não tentem baralhar os raciocínios para servir a dificuldade que têm em compreender coisas simples. Se o eventual padre se negou a dar uma missa é porque achou que aquela pessoa teve um comportamento inaceitável durante a vida, não foi certamente a um bebé que contraiu a doença.



            Para informação, tenho mtos amigos e amigas gay, um infelizmente morreu com a doença (já há uns 15 anos), outro tinha um irmão toxicodependente que tb morreu com sida e que esteve internado num hospital católico, a ser atendido por freiras e fez o funeral católico na Basílica da Estrela. Por isso tudo me irrita este tipo de conversa, porque as pessoas que fazem este tipo de comentários sobre a igreja fundamentam-se sempre em casos mto específicos mas depois todos os outros são pura e simplesmente irrelevantes.


            O meu comentário foi relativo á tua pessoa, ao teu discurso, não à Igreja Católica ou outras.

            Continuas com um discurso atabalhoado, tentando justificar o injustificável, para mim, claro.

            Comentar


            • #51
              RE: Onde oferecer roupa usada?

              cinanina (21-08-2009)

              Porque no fundo não conseguem argumentar. E então agarram-se a tudo o que for preciso: ofensas verbais, calúnias, assuntos pessoais que nada têm a ver, ou mesmo pegar numa pseudo-doença que possivelmente nem nunca existiu para fugirem ao assunto. É óbvio que quando se fala em sida neste caso concreto se está a falar de alguém (se esse alguém existiu) que teria um eventual comportamento que um eventual elemento da igreja não aceitou. Porque não seria certamente dos casos de transfusão ou da pobre mulher enganada. Agora ficam agarradas à suposição que gostam de fazer de que eu tenho um preconceito contra nem sei bem o quê - pessoas com sida? Não, eu não tenho nenhum preconceito contra pessoas com sida, mas salvo raríssimas excepções (que não servem neste contexto específico) não podem ser consideradas católicas porque têm comportamentos sexuais que a igreja não aceita. Não tentem baralhar os raciocínios para servir a dificuldade que têm em compreender coisas simples. Se o eventual padre se negou a dar uma missa é porque achou que aquela pessoa teve um comportamento inaceitável durante a vida, não foi certamente a um bebé que contraiu a doença.




              Ou seja, aí em casa sexo apenas para prociar... E não há contracepção... Foste virgem para o casamento, e nunca deste um "ai Meu Deus"? (nunca invocar o nome de Deus em vão....)

              Comentar


              • #52
                RE: Onde oferecer roupa usada?

                Atire pedras quem quiser mas numa coisa eu concordo com a cinanina, passo a explicar:

                Ninguem é obrigado a ser católico ou a segir a doutrina católica. Eu sou das muitas que cada vez menos concordo com algumas posições da Igreja Católica e por isso mesmo não frequento nem acredito, logo nunca faria sentido para mim casar pela igreja ou baptizar o meu filho. Acho um contrasenso sim pessoas que não são católicas quererem casar pela igreja e ficarem ofendidas porque o padre quer que se baptizem 1.º. Pessoas que querem baptizar os filhos e achem ridiculo que o padre ponha entraves aos padrinhos porque os mesmos não seguem a doutrina católica, quando o dever de um padrinho aos olhos da igreja católica é ser responsável pela educação cristã do seu afilhado. Se não são católicas porque raio têm que casar na igreja ou baptizar os filhos??? Porque é bonito?



                Estas são as regras da Igreja Católica, se não concordam com elas então não fazem parte da mesma, logo não a devem procurar quando se querem casar ou baptizar. Eu por exemplo sempre achei uma estupidez fazerem-se funerais católicas para alguem que não é, nem nunca foi ou quis ser seguidor da mesma, mas a verdade é que hoje em dia um funeral católico, um casamento na igreja católica ou um baptizado quando nasce uma criança é a norma, algo que se tem que fazer.



                As Minhas Madrinhas espanfásticas: kikakitty , Little_Thomas, Pateta

                As Minhas Afilhadas: aslE ; Joaninha Avoa Avoa

                Madrilhada Fantástica: Anibla

                Comentar


                • #53
                  RE: Onde oferecer roupa usada?

                  zariza (24-08-2009)Atire pedras quem quiser mas numa coisa eu concordo com a cinanina, passo a explicar:



                  Ninguem é obrigado a ser católico ou a segir a doutrina católica. Eu sou das muitas que cada vez menos concordo com algumas posições da Igreja Católica e por isso mesmo não frequento nem acredito, logo nunca faria sentido para mim casar pela igreja ou baptizar o meu filho. Acho um contrasenso sim pessoas que não são católicas quererem casar pela igreja e ficarem ofendidas porque o padre quer que se baptizem 1.º. Pessoas que querem baptizar os filhos e achem ridiculo que o padre ponha entraves aos padrinhos porque os mesmos não seguem a doutrina católica, quando o dever de um padrinho aos olhos da igreja católica é ser responsável pela educação cristã do seu afilhado. Se não são católicas porque raio têm que casar na igreja ou baptizar os filhos??? Porque é bonito?



                  Estas são as regras da Igreja Católica, se não concordam com elas então não fazem parte da mesma, logo não a devem procurar quando se querem casar ou baptizar. Eu por exemplo sempre achei uma estupidez fazerem-se funerais católicas para alguem que não é, nem nunca foi ou quis ser seguidor da mesma, mas a verdade é que hoje em dia um funeral católico, um casamento na igreja católica ou um baptizado quando nasce uma criança é a norma, algo que se tem que fazer.


                  Concordo com o que dizes mas remetendo para o que foi dito há pessoas que falecem com o HIV que são crentes, que se regem pela dourina cristã. É pela doença que lhes é fatal que deixam de poder ter esse sacramento se, em vida, sempre viveram mediante as leis da Igreja Católica? Até porque muita gente fica infectada pelo HIV não porque tenha uma conduta sexual condenável mas porque o companheiro a tem, ou porque uma transfusão de sangue não correu bem...


                  O meu parto: O Meu Admirável Mundo Novo... (Maternidade Daniel de Matos - Coimbra)

                  Comentar


                  • #54
                    RE: Onde oferecer roupa usada?

                    zariza (24-08-2009)Atire pedras quem quiser mas numa coisa eu concordo com a cinanina, passo a explicar:



                    Ninguem é obrigado a ser católico ou a segir a doutrina católica. Eu sou das muitas que cada vez menos concordo com algumas posições da Igreja Católica e por isso mesmo não frequento nem acredito, logo nunca faria sentido para mim casar pela igreja ou baptizar o meu filho. Acho um contrasenso sim pessoas que não são católicas quererem casar pela igreja e ficarem ofendidas porque o padre quer que se baptizem 1.º. Pessoas que querem baptizar os filhos e achem ridiculo que o padre ponha entraves aos padrinhos porque os mesmos não seguem a doutrina católica, quando o dever de um padrinho aos olhos da igreja católica é ser responsável pela educação cristã do seu afilhado. Se não são católicas porque raio têm que casar na igreja ou baptizar os filhos??? Porque é bonito?







                    Estas são as regras da Igreja Católica, se não concordam com elas então não fazem parte da mesma, logo não a devem procurar quando se querem casar ou baptizar. Eu por exemplo sempre achei uma estupidez fazerem-se funerais católicas para alguem que não é, nem nunca foi ou quis ser seguidor da mesma, mas a verdade é que hoje em dia um funeral católico, um casamento na igreja católica ou um baptizado quando nasce uma criança é a norma, algo que se tem que fazer.




                    Concordo em tudo o que disseste. E francamente, já começa a enjoar a história do "se és católica praticante sexo só para procriar, e casaste virgem, e blablabla!"

                    Eu SOU católica praticante, não, não casei virgem, e quem diz essas baboseiras do "sexo só para procriação" não sabe o que diz! O que eu jurei perante Deus foi que receberia os filhos que ELE me quisesse dar. Com alguma pena, ele comigo mostrou-se um bocadinho "forreta" Só mandou 2 e a muito custo... E se me mandasse (muitos) mais, possivelmente eu tomaria a pílula, ou usaria preservativo, e com isso não deixaria de ser católica e praticante. A bondade de Deus está muito acima das nossas falhas como humanos. Se vou para o céu? Pois não sei, mas a ideia é fazer os possíveis para que sim. Com falhas, porque afinal, sou humana! E acredito que dentro do "aceitável", Deus perdoa.

                    Comentar


                    • #55
                      RE: Onde oferecer roupa usada?

                      Zariza: quanto às questões que referiste, estou em perfeita sintonia contigo.

                      Comentar


                      • #56
                        RE: Onde oferecer roupa usada?

                        RitaSC (24-08-2009)

                        Concordo em tudo o que disseste. E francamente, já começa a enjoar a história do "se és católica praticante sexo só para procriar, e casaste virgem, e blablabla!"



                        Eu SOU católica praticante, não, não casei virgem, e quem diz essas baboseiras do "sexo só para procriação" não sabe o que diz!


                        Eu disse isso, sim, mas disse-o neste contexto:



                        cinanina (21-08-2009)

                        Não, eu não tenho nenhum preconceito contra pessoas com sida, mas salvo raríssimas excepções (que não servem neste contexto específico) não podem ser consideradas católicas porque têm comportamentos sexuais que a igreja não aceita.


                        Ou seja, diz aqui a forista, que salvo raríssimas excepções, não são consideradas católicas pessoas que têm comportamentos sexuais não aprovados pela Igreja.



                        Ora, parece-me que a questão aqui é contra-sensual: a cinanina afirmou que só é católico quem tem comportamentos sexuais adequados, certo?



                        A ti, parece-te o mesmo?? EU critico é o facto de alguém atirar pedras e ter telhados de vidro...

                        Comentar


                        • #57
                          RE: Onde oferecer roupa usada?

                          E falando no que dizia quando a forista me chamou estúpida, aqueles padres/bispos que são pedófilos por merecerão um funeral católico? Se calhar até foram as criancinhas que os provocaram... :BangHead:


                          O meu parto: O Meu Admirável Mundo Novo... (Maternidade Daniel de Matos - Coimbra)

                          Comentar


                          • #58
                            RE: Onde oferecer roupa usada?

                            cinanina (21-08-2009)Acho que sim, mas não sei. Mas ninguém disse que as pessoas com HIV não devem ter missa no funeral... mas que disparate. O que houve foi uma pessoa aqui na discussão que disse que o padre da sua terra não o fazia. E mais uma vez um exagero, que se refere ao facto do padre ter negado missa a alguém que terá eventualmente morrido com sida e agora já é generalizado. É claro que a igreja dá a missa a toda a gente, não sejam idiotas.

                            Qto à sua pergunta, estupidez tem limites.


                            Desisto a partir daqui

                            Comentar


                            • #59
                              RE: Onde oferecer roupa usada?

                              Desculpem se vou ser mazinha mas a certa gente fazia falta ter passado pela Inquisição...


                              O meu parto: O Meu Admirável Mundo Novo... (Maternidade Daniel de Matos - Coimbra)

                              Comentar


                              • #60
                                RE: Onde oferecer roupa usada?

                                Mãe Pipoca (24-08-2009)
                                cinanina (21-08-2009)Acho que sim, mas não sei. Mas ninguém disse que as pessoas com HIV não devem ter missa no funeral... mas que disparate. O que houve foi uma pessoa aqui na discussão que disse que o padre da sua terra não o fazia. E mais uma vez um exagero, que se refere ao facto do padre ter negado missa a alguém que terá eventualmente morrido com sida e agora já é generalizado. É claro que a igreja dá a missa a toda a gente, não sejam idiotas.



                                Qto à sua pergunta, estupidez tem limites.


                                Desisto a partir daqui


                                Já chegaste foi tarde, né? :badgrin:


                                Comentar

                                slot_bottomleaderboard_post

                                Collapse
                                Working...
                                X